Abrir menu principal

Giordani Rodrigues

Giordani Rodrigues
Nascimento 8 de abril de 1965
Bandeira de Patos - PB.svg Patos,  Paraíba
Morte 31 de março de 2006 (40 anos)
Bandeira de Curitiba.svg Curitiba,  Paraná
Nacionalidade Brasileira
Ocupação Jornalista

Giordani Rodrigues (Patos, 8 de abril de 1965Curitiba, 31 de março de 2006) foi um jornalista brasileiro.

Giordani era editor do site brasileiro InfoGuerra. Foi também diretor de Imprensa e Relações Públicas da Associação Brasileira de Direito e Tecnologia da Informação (ABDTI), um dos fundadores da Associação Brasileira de Jornalismo Investigativo (Abraji) e colunista de tecnologia da Revista Homem Vogue. É co-autor do livro Internet Legal - O Direito na Tecnologia da Informação - Ed. Juruá - 2003 - org. Omar Kaminski - ISBN 85-362-0439-7. Foi assassinado por Renilton Xavier de Souza, que posteriormente foi condenado a 20 anos sob acusação de latrocínio.

A última manifestação de reconhecimento público recebida com grande satisfação por Giordani Rodrigues, durante a Security Week Brasil 2006, foi o Prêmio SecMaster 2005 - 3º Prêmio de Excelência do Profissional em Segurança da Informação, na categoria de Melhor Contribuição Jornalística, conferido após decisão da comissão julgadora representante da opinião da Academia. Trata-se de um dos mais relevantes prêmios para o setor promovido pela ISSA Brasil -- representante da Information Systems Security Association no Brasil -- e organizado pela empresa de eventos de tecnologia Via Fórum.[1]

Ligações externasEditar

  Este artigo sobre uma pessoa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.
  1. Redação InfoGuerra. "Nota sobre o falecimento de Giordani Rodrigues", Internet Archive Wayback Machine, 2006-06-06. Acessado em 2014-08-30.