Abrir menu principal

Girls (canção de Sugababes)

Disambig grey.svg Nota: Para outros significados, veja Girl.
"Girls"
Single de Sugababes
do álbum Catfights and Spotlights
Lado A "Girls"
Lado B "Don't Look Back"
Lançamento 20 de setembro de 2008 (2008-09-20)
Formato(s)
Gravação 2008
Gênero(s)
Duração 3:11
Gravadora(s) Island Records
Composição
Produção
  • Si Hulbert
  • Melvin Kuiters[1]
Cronologia de singles de Sugababes
"Denial"
(2008)
"No Can Do"
(2008)

"Girls" é uma canção do girl group britânico Sugababes, Foi escrito por Anna McDonald e Nicole Jenkinson, e produzido por Si Hulbert e Melvin Kuiters, para o sexto álbum de estúdio da banda Catfights and Spotlights (2008).[1]

"Girls" foi lançado como primeiro single do álbum em 6 de outubro de 2008 no Reino Unido[2] e apresenta remix de Fred Falke, Dennis Christopher e Funkerman.[2] Um sucesso gráfico moderado em toda a Europa em comparação com single anterior, a música atingiu o top-10 na Estônia e no Reino Unido e ficou entre os vinte e cinco maiores na Irlanda e na Turquia, bem como no top-cinquenta em vários países, incluindo a Eslováquia, Ucrânia e República Checa.[3]

VideoclipeEditar

O videoclipe de "Girls" foi filmado em 28 de agosto de 2008 e dirigido por Daniel Wolfe, o vídeo estreou em 4Music e Channel 4 em 6 de setembro de 2008.[4] No clip, as integrantes da banda Amelle Berrabah, Keisha Buchanan e Heidi Range desfrutam de uma noite das mulheres em um clube de Pole dance, abraçado por um estilo de discoteca dos anos 80.[5] Mostra as meninas dançando e atuando, concentrando-se mais nos outros dançarinos durante o refrão e as meninas enquanto cantavam seus versos. Durante seus versos, Berrabah envolve movimentos de dança sensual com uma das outras dançarinas e Buchanan, provocam uma dançarino.[5]

Enquanto a participante do Big Brother: Celebrity Hijack, Latoya Satnarine, apareceu no vídeo, Buchanan convidou seu namorado Dean Thomas a protagonizar um papel de apoio no clipe.[6] Como relato, Berrabah decidiu ter aulas de pole dance, antes de filmar o vídeo para que ela "não se atrapalhasse pole".[5] Depois de recrutar fãs mulheres para estrelar o clipe, os produtores negaram acusações de que estavam sendo injusto ao não pagar aqueles que apareceram no vídeo. Um porta-voz da banda afirmou mais tarde: "Nenhuma bailarina profissional está sendo convidada a fazer qualquer coisa de graça. Esta é uma oportunidade para pessoas que dançam na vida real, mas não tem oportunidades".[6]

Performance comercialEditar

No Reino Unido, a música entrou duas semanas antes do seu lançamento físico, em downloads, no número 8. Na semana seguinte, escalou quatro pontos mais para o número 4. Na semana de 13 de outubro de 2008, escalou um ponto para o número 3. "Girls" marcou como o primeiro single de um álbum da banda a não chegar ao número 1 desde "Overload" em 2000. Na Irlanda, a música atingiu a posição número 12.

RecepçãoEditar

"Girls" receberam críticas positivas dos críticas. Nick Levine, do digital spy, afirmou que "Em torno disso, elas criaram uma música pop aguda e funk, com letras que empurram todos os botões habituais de capacitação feminina ("Com ou sem um homem, eu me sinto completa..."). é inteligente, cativante e muito, muito 2008 - e também parece muito bom na rádio. Mas também é o primeiro single principal de um álbum das Sugababes com o qual é difícil se entusiasmar".

Promoção americanaEditar

Embora a música não tenha sido oficialmente lançada nos EUA, foi usada em comerciais para promover a loja de sapatos americana Payless em 2009. Também foi relatado que a música seria re-gravada com os vocais de Jade Ewen para ajudar a promover a loja de departamentos norte-americana JC Penney em 2010.[7] A versão original com a terceira formação (Buchanan, Range e Berrabah) já foi usada em vários comerciais da J. C. Penney.

FaixasEditar

  1. "Girls" (edição de rádio) - 3:12
  2. "Don't Look Back" - 3:10
  3. "Girls" (Danny Dove & Steve Smart Club Mix) - 6:31
  4. "Girls" (Dennis Christopher Remix) - 7:20

Performance nas paradasEditar

Paradas semanaisEditar

Chart (2008) Maior
posição
Eslováquia (IFPI)[8] 26
Europa (Billboard Hot 100 Singles)[9] 10
Irlanda (IRMA)[10] 12
Reino Unido (UK Singles Chart)[11] 3
Reino Unido (UK R&B Chart)[12] 1
República Tcheca (Rádio Top 100)[13] 47
Turquia (Turkey Top 20 Chart)[14] 7

Referências

  1. a b «Here come the Sugababes: listen to the new single now...». POPJustice. 26 de dezembro de 2016. Consultado em 14 de agosto de 2008 
  2. a b «New single - GIRLS!». Sugababes.com. 12 de agosto de 2008. Consultado em 18 de agosto de 2008. Arquivado do original em 26 de dezembro de 2016 
  3. «Chart Performance». aCharts. Consultado em 18 de abril de 2009 
  4. «Dance for a Sarnie». Daily Star. 26 de dezembro de 2016. Consultado em 14 de abril de 2009 
  5. a b c «Sugababes learn pole-dancing for their sexiest video yet». Daily Mail. 26 de dezembro de 2016. Consultado em 14 de abril de 2009 
  6. a b Lyons, Beverley (26 de dezembro de 2016). «Sugababe Ropes In Boyfriend For Pole Role». Daily Record. Consultado em 19 de abril de 2009. Arquivado do original em 26 de dezembro de 2016 
  7. «403». Sugaworld.freetzi.com. Consultado em 17 de fevereiro de 2012 
  8. «SNS IFPI» (em eslovaco). Hitparáda – Radio Top100 Oficiálna. IFPI República Checa. Nota: inserir 200848 na pesquisa. Consultado em 26 May 2011.
  9. «European Hot 100 – Week of October 25, 2006». Billboard. Prometheus Global Media. Consultado em 5 de setembro de 2010 
  10. «Chart Track» (em inglês). Irish Singles Chart. GfK. Consultado em 26 May 2011.
  11. «Top 40 Official UK Singles Archive» (em inglês). UK Singles Chart. Consultado em 20 January 2013.
  12. «Top 40 R&B Singles Archive» (em inglês). UK R&B Chart. Consultado em 20 January 2013.
  13. «ČNS IFPI» (em tcheco). Hitparáda – Radio Top 100 Oficiální. IFPI República Checa. Nota: inserir 200851 na pesquisa. Consultado em 26 May 2011.
  14. «Billboard Türkiye Top 20». Billboard. Prometheus Global Media. Consultado em 5 de setembro de 2010. Arquivado do original em 30 de março de 2008 

Ligações externasEditar

  Este artigo sobre um single de Sugababes é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.