Giulio Bizzozero

Giulio Bizzozero (20 de março de 1846 - 8 de abril de 1901) foi um médico e pesquisador italiano. Ele é conhecido como o descobridor original da Helicobacter pylori, a bactéria que é responsável pela úlcera péptica (embora esta hipótese não fosse aceita até 1990). Ele foi um dos pioneiros da histologia, e, mais genericamente, da utilização do microscópio na investigação médica. A ele também é creditada a descoberta da função das plaquetas na coagulação sanguínea.

Giulio Bizzozero
Conhecido(a) por Helicobacter pylori, plaquetas
Nascimento 20 de março de 1836
Varese
Morte 8 de abril de 1901 (65 anos)
Residência  Itália
Nacionalidade Itália italiano
Alma mater Universidade de Pavia, Universidade de Turim
Causa da morte pneumonia

Bizzozero nasceu em Varese, Lombardia. Ele estudou medicina na Universidade de Pavia, graduando-se em 1866 aos 20 anos de idade. Em 1867, ele foi escolhido como o chefe de Patologia Geral e Histologia da Universidade de Pavia. Na idade de 27, mudou-se para a Universidade de Turim, e fundou o Instituto de Patologia Geral. Este instituto treinou muitos importantes pesquisadores italianos, incluindo Camillo Golgi. Enquanto esteve em Turim, ele trabalhou para melhoria da higiene e abastecimento de água. Em abril de 1901, ele morreu de pneumonia.

ReferênciasEditar

  • Figura, Natale; Laura Bianciardi (2002). «Helicobacters were discovered in Italy in 1892: An episode in the scientific life of an eclectic pathologist, Giulio Bizzozero». In: Barry Marshall. Helicobacter Pioneers: Firsthand Accounts from the Scientists Who Discovered Helicobacters. Victoria, Australia: Blackwell Science Asia. pp. 1–13. ISBN 0-86793-035-7 
  • Vigliani, R. (agosto 2002). «Giulio Bizzozero: Remenbrance 100 years after his death». Pathologica. 94 (4): 206–215. doi:10.1007/s102420200033. doi:10.1007/s102420200033, PubMed