Gonçalo Pereira Lobato e Sousa


Gonçalo Pereira Lobato e Sousa (Monção (Portugal) — ?) foi um militar e administrador colonial português.

Gonçalo Pereira Lobato e Sousa
Cidadania Portugal
Ocupação ,
Prêmios
  • Cavaleiro da Ordem de Cristo

Filho mais novo de João Pereira Caldas e de Mariana Catarina Lençóis e Azevedo. Comandante de um regimento de infantaria em Lisboa, foi encarregado de secundar os trabalhos da comissão de limites do Tratado de Madri, desembarcando em Belém em 20 de julho de 1753. Foi nomeado governador de Maranhão em 3 de agosto de 1753 e ficou no cargo até 1761.[1][2]

Foi agraciado Cavaleiro da Ordem de Cristo.

Referências

  1. Lima, Carlos de (2006). História do Maranhão. São Luís: Instituto Geia. p. 459 
  2. Santos, Nivaldo Germano dos (2014). «Discórdias da Monarquia: os poderes régio e episcopal no Estado do Maranhão» (PDF). Universidade Federal Fluminense: 111. Consultado em 9 de maio de 2021 
  Este artigo sobre uma pessoa é um esboço relacionado ao Projeto Biografias. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.