Governador-geral do Canadá

O governador-geral do Canadá (em inglês: Governor General; em francês: gouverneur général ou gouverneure générale) é o representante oficial do monarca canadense, que está em união pessoal com o monarca do Reino Unido, presentemente o Rei Charles III.

Governador-geral do Canadá
Governor General of Canada
Gouverneur général du Canada
Flag of the Governor-General of Canada.svg
Bandeira do governador-geral do Canadá
Mary Simon, Governor General of Canada.jpg
No cargo
Mary Simon

desde 26 de julho de 2021
Residência Rideau Hall, Ottawa
Designado por Charles III
Duração Indeterminado
Criado em 1 de julho de 1867
Primeiro titular Visconde Monck

No Canadá, o governador-geral representa o rei ou a rainha, que reside predominante no Reino Unido. Antigamente, os governadores-gerais do Canadá eram membros da nobreza britânica, mas desde 1952 tem havido uma nova política de designar cidadãos canadenses para o cargo. Um cidadão que tem um histórico distinto de serviço público à nação é indicado para o posto de governador-geral pelo primeiro-ministro do Canadá e nomeado pelo monarca do Reino Unido.

Os governadores-gerais canadenses utilizam o prefixo honorífico de "O Muito Honorável" durante a sua vida, e também "Sua Excelência" durante o tempo de exercício do cargo. A sua residência oficial é Rideau Hall em Ottawa, e há também outra casa oficial usada ocasionalmente na cidade de Quebec chamada La Citadelle.

O poder político verdadeiro no Canadá é levado a cabo inteiramente pelo primeiro-ministro, mas o governador-geral realiza muitas actividades simbólicas, formais, culturais e cerimoniais. Assina todas as leis federais no Canadá, mas isto somente com o conselho dos membros do governo eleito. Quando uma nova sessão do parlamento se inaugura, o governador-geral também lê o discurso do trono, preparado pelos membros do partido político que tiver maioria no governo. Exige-se que o governador-geral seja fluente nas línguas francesa e inglesa, os dois idiomas oficiais do Canadá.

PapelEditar

Como o Canadá compartilha sua condição de monarquia com outros 15 países da Comunidade das Nações e o soberano vive no exterior, a tarefa primária do governador-geral é representar o monarca em seus deveres constitucionais agindo sempre em seu nome. O governador age de acordo com os princípios da democracia parlamentar e governo responsável como um defensor de uma governança estável e contínua. Em sua maioria, entretanto, os poderes da Coroa são exercidos cotidianamente por indivíduos eleitos, delegando ao governador-geral os deveres cerimoniais.

ResidênciasEditar

O Rideau Hall, em Ottawa, é a residência oficial do Monarca do Canadá e também do Governador-geral, além de sediar os escritórios do Governo. O cônjuge do Governador-geral assume o título de Castelão de Rideau Hall (Chatelaine of Rideau Hall), com a função de coordenar o funcionamento do local durante o mandato do governador. Desde 1872, os governadores-gerais utilizam a Citadela de Quebec como residência oficial.

Ver tambémEditar

Referências

  Este artigo sobre a política do Canadá é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.