Grão (massa)

(Redirecionado de Grão (medida))

O grão ("grain" em inglês), é uma unidade de medida de massa equivalente a um sétimo do milésimo (1/7.000) da Libra e equivale a aproximadamente 64,8 miligramas ou 0,0648 gramas.

O pequeno disco de ouro em destaque, pesa um grão (troy), com moedas e trena para dar ideia do tamanho.

CaracterísticasEditar

Os grãos históricos
semente de alfarroba ≈200 mg
grão de cevada ≈65 mg
grão de trigo ≈50 mg

Um grão é uma unidade de medida de massa, e nos sistemas de peso troy, avoirdupois e dos boticários, é igual a exatamente 64,79891 miligramas. É nominalmente baseado na massa de uma única semente ideal virtual de um cereal. Da Idade do Bronze ao Renascimento, as massas médias dos grãos de trigo e cevada faziam parte das definições legais de unidades de massa. Expressões como "trinta e dois grãos de trigo, retirados do meio da espiga" parecem ter sido fórmulas ritualísticas, essencialmente o equivalente pré-moderno de "unidade de medida legal".[1]:27[2] Outra fonte afirma que foi definido como o peso necessário para 252,458 unidades para equilibrar uma polegada cúbica de água destilada a 30 polegadas de pressão de mercúrio e 62 graus Fahrenheit para o ar e a água.[3] Outro livro afirma que o capitão Henry Kater, da British Standards Commission, chegou a esse valor experimentalmente.[4]

O grão era a base legal dos sistemas de peso tradicionais ingleses,[5] e é a única unidade igual em todos os sistemas de massa troy, avoirdupois e boticários.[6]:C-6 A unidade era baseada no peso de um único grão de cevada, considerado equivalente a 1 1⁄3 grãos de trigo.[5][7]:95 A unidade fundamental do sistema de peso inglês pré-1527 conhecido como tower, tinha como base o grão de trigo.[8] O grão "tower" foi definido como exatamente 45⁄64 de um grão "troy".[1]:74

Desde a implementação do acordo internacional de jardas e libras de 1 de julho de 1959, a medida de grãos ou grãos troy (símbolo: gr) foi definida em termos de unidades de massa no Sistema Internacional de Unidades como exatamente 64.79891 miligramas.[6]:C-19[9] Um grama equivale a aproximadamente 15,43236 grãos.[6]:C-13 A unidade usada anteriormente por joalheiros para medir pérolas, diamantes e outras pedras preciosas, chamada de grão do joalheiro ou grão de pérola, é igual a 1 ⁄4 ​​de um quilate ou 50 mg (~ 0,7716 gr).[5]O grão também era o nome de uma unidade tradicional francesa igual a 53,115 mg.[5]

Tanto no Império Britânico quanto nas unidades habituais dos Estados Unidos, há precisamente 7.000 grãos por libra avoirdupois e 5.760 grãos por libra troy ou libra boticária.[6]:C-6–C-7

 
Uma caixa de cartuchos .38 Special com balas de 148 grãos.

O grão é comumente usado hoje em dia para medir a massa de balas e propelentes (pólvora).[10][11] No arco e flecha, o grão é a unidade padrão usada para pesar flechas.[12]

Na odontologia, a folha de ouro, usada como material para restaurar os dentes,[13] também é medida em grãos.[14][15]

Resumo de equivalênciasEditar

Um grão equivale exatamente a 0,06479891 gramas (64,79891 miligramas) e também a:

Além do mais:

Ver tambémEditar

Referências

  1. a b McDonald, Daniel McLean; Scarre, Christopher (1992). The origins of metrology: collected papers of Dr. Daniel McLean McDonald. [S.l.]: McDonald Institute for Archaeological Research. Consultado em 15 de setembro de 2012 
  2. R. D. Connor (1987). The weights and measures of England. [S.l.]: H.M.S.O. p. 124. ISBN 978-0-11-290435-9. Consultado em 2 de fevereiro de 2012 
  3. Universal Dictionary of Weights and Measures. Baltimore: [s.n.] 1850. Consultado em 23 de setembro de 2016 
  4. Oldberg, Oscar (1885). A Manual of Weights, Measures, and Specific Gravity. Chicago: author (C. J. Johnson, printer). p. 87. Consultado em 24 de setembro de 2016 
  5. a b c d Rowlett, Russ (13 de setembro de 2001). «G». How Many? A Dictionary of Units of Measurement. Chapel Hill, North Carolina: University of North Carolina at Chapel Hill. grain (gr) [1–3]. Consultado em 4 de julho de 2012 
  6. a b c d National Institute of Standards and Technology (October 2011). Butcher, Tina; Cook, Steve; Crown, Linda et al. eds. "Appendix C – General Tables of Units of Measurement" (PDF). Specifications, Tolerances, and Other Technical Requirements for Weighing and Measuring Devices. NIST Handbook. 44 (2012 ed.). Washington, D.C.: U.S. Department of Commerce, Technology Administration, National Institute of Standards and Technology. ISSN 0271-4027. OCLC OCLC 58927093. Retrieved 30 June 2012.
  7. Ridgeway, William (1889). «Metrological Notes: III.- Had the People of Pre-historic Mycenae a Weight Standard?». London: The Council for the Society for the Promotion of Hellenic Studies. The Journal of Hellenic Studies. 10: 90–97. ISSN 0075-4269. JSTOR 623588. OCLC 51205085. doi:10.2307/623588 
  8. Zupko, Ronald Edward (1977). British weights & measures: a history from antiquity to the sixteenth century. [S.l.]: University of Wisconsin Press. p. 11. ISBN 9780299073404. Consultado em 18 de dezembro de 2011 
  9. Judson, Lewis V. (Março de 1976) [October 1963]. «8. Refinement of values for the yard and pound» (PDF). Weights and Measures Standards of the United States: A brief history (PDF). Col: NBS Special Publication. 447. Washington, D.C.: U.S. Department of Commerce, National Bureau of Standards. p. 20. OCLC 610190761. Consultado em 30 de junho de 2012. Cópia arquivada em 3 de junho de 2011 
  10. International Practical Shooting Confederation (2011). «Handgun Competition Rules (January 2012 ed.)» (PDF). Ontario, Canada: International Practical Shooting Confederation. p. 40. Consultado em 4 de julho de 2012 
  11. Meyer, Rudolf; Köhler, Josef; Homburg, Axel (2007). «Grain». Explosives Sixth, completely revised ed. Weinheim: Wiley-VCH. p. 152. ISBN 978-3-527-31656-4. OCLC 255797039. Consultado em 4 de julho de 2012 
  12. Sorrells, Brian J. (2004). «The Right Equipment». Beginner's Guide to Traditional Archery 1st ed. Mechanicsburg, PA: Stackpole Books. p. 23. ISBN 978-0-8117-3133-1. OCLC 474105699. Consultado em 4 de julho de 2012. Arrow weight is measured in grains 
  13. Small, Bruce W.; Johnson, Warren (Março de 2006). «Gold Foil and Its Use in Modern Dentistry». Montclair, NJ. Dentistry Today. 25 (3): 92, 94, 96. ISSN 8750-2186. OCLC 60622136. PMID 16617798. Consultado em 5 de julho de 2012 
  14. Soratur, S.H. (2002). «Chapter 17: Direct Filling Gold—Cohesive Gold — Gold Foil». Essentials of Dental Materials 1st ed. New Delhi: Jaypee Brothers. p. 217. ISBN 978-8-17179-989-3. OCLC 465910002. Consultado em 24 de agosto de 2020 
  15. Manappallil, John J. (2010). «Chapter 11: Direct Gold Filling — Gold Foil». Basic Dental Materials 3rd ed. New Delhi: Jaypee Brothers. p. 199. ISBN 978-8-18448-921-7. Consultado em 24 de agosto de 2020