Grand Prix (álbum)

Grand Prix é o quinto álbum da banda escocesa de rock alternativo, Teenage Fanclub, lançado em Julho de 1995 pelo selo fonográfico, Creation Records, em parceria com a Geffen Records e o primeiro gravado com o então novo baterista Paul Quinn, ex integrante dos The Soup Dragons.[1]

Grand Prix
Álbum de estúdio de Teenage Fanclub
Lançamento 29 de maio de 1995
Gravação 5 de setembro-9 de outubro de 1994 no The Manor Studio em Shipton-on-Cherwell
Gênero(s) Indie rock, rock alternativo, jangle pop, power pop
Idioma(s) Inglês
Gravadora(s) Creation
Geffen
Produção David Blanco
Teenage Fanclub
Opiniões da crítica

O parâmetro das opiniões da crítica não é mais utilizado. Por favor, mova todas as avaliações para uma secção própria no artigo. Veja como corrigir opiniões da crítica na caixa de informação.

Cronologia de Teenage Fanclub
Thirteen (Teenage Fanclub album)
(1993)
Songs From The Northern Britain
(1997)

Estilisticamente a banda deixava definitivamente o passado de distorções e ruídos para trás,[2] abraçando o guitar-pop, focando-se nas guitarras limpas e nas harmonias de três vocais,[3] para se tornar uma banda "próxima do estilo country-rock, uma combinação de The Byrds e Beatles, ainda mais relaxada".[4] Segundo o semanário inglês especializado em rock alternativo, New Music Express, o disco deixa a sensação de que "se os Beach Boys tivessem nascido em Glasgow, eles soariam como o Teenage Fanclub".[5]

Produção e lançamentoEditar

As canções do disco foram exaustivamente ensaiadas por um período de cinco meses antes da banda entrar no estúdio Manor em Oxford, com o produtor Dave Bianco (que havia trabalhado previamente com os Black Crowes e o Primal Scream, e lhes foi apresentado pelo amigo Frank Black).[6][7] O disco foi o primeiro a ser gravado com o novo baterista Paul Quinn, egresso dos Soup Dragons, uma vez que o antigo ocupante, Brendan O'Hare havia sido demitido por "estar mais interessado em tocar guitarra do que bateria".[7]

As treze melhores canções deste período de ensaios foram selecionadas para as gravações, que duraram cinco semanas. Pela primeira vez o grupo agregou novos instrumentos à sonoridade, como um velho piano Wurlitzer adquirido por Norman pela quantia de 150 dólares, através do anúncio de um jornal local, além de um conjunto de cordas (viola, violoncelo, violinos) e um conjunto de sopro (saxofones alto, tenor e barítono, além de trompetes). Depois do término das gravações a banda partiu para Los Angeles para os trabalhos de mixagem.[7]

O álbum recebeu o irônico título de Grand Prix, tendo a banda declarado que "nenhum entre nós sabe dirigir um carro, ou possui qualquer fascinação pelas corridas de Formula 1". A escolha foi devido a possibilidade de, segundo eles, criarem uma imagem "forte".[7]

RecepçãoEditar

Após o lançamento, o disco não prosperou de maneira significativa nos Estados Unidos, mas no Reino Unido o disco foi visto animadamente como um come back da banda, após as baixas vendas do "injustiçado" álbum anterior, Thirteen,[4] que na época do lançamento foi recebido com pouco entusiasmo.[8] Lançado no auge do Britpop (rótulo que a banda renega com veemência[9]), Grand Prix foi o primeiro trabalho da banda a figurar entre os dez mais da parada de sucessos no Reino Unido, alcançando a sétima posição.[10]

Para alcançar tal êxito, a gravadora Creation investiu a quantia de 100.000 libras apenas para promover cada um dos três singles do álbum na Inglaterra e Escócia, o que representa, somente em publicidade, 150 vezes o valor que a banda gastou para produzir seu primeiro disco 5 anos antes, A Catholic Education, e duas vezes mais o que a Creation gastou para produzir os dois álbuns anteriores, Bandwagonesque e Thirteen.[11]

O disco é considerado pelo selo Creation como "a maior realização da banda ao longo de sua durável carreira",[12] e foi unanimemente saudado pela critica,[13] considerado como "coeso",[14] possuidor de um "esplendor melódico",[15] e tendo sido nomeado pela BBC como "um disco pop perfeito".[16]

Fãs da primeira fase da banda, contudo, se ressentiram da extrema limpeza do disco, da ausência de profundidade e do "sentimento de periculosidade" que marcara os discos anteriores.[17]

O disco é referenciado no romance "Vestido de Flor", do jornalista e crítico musical da revista Rolling Stone Brasil, Carlos Eduardo Lima,[18] e também no romance "The Birthday Gift", de Anthony Scott.[19]

FaixasEditar

N.º Título Duração
1. "About You"   2:41
2. "Sparky's Dream"   3:17
3. "Mellow Doubt"   2:42
4. "Don't Look Back"   3:43
5. "Verisimilitude"   3:31
6. "Neil Jung"   4:48
7. "Tears"   2:43
8. "Discolite"   3:07
9. "Say No"   3:12
10. "Going Places"   4:28
11. "I'll Make It Clear"   2:33
12. "I Gotta Know"   3:27
13. "Hardcore/Ballad"   1:48

Créditos[20]Editar

Teenage FanclubEditar

  • Norman Blake – Vocais e Guitarras
  • Gerard Love – Vocais e Contrabaixo
  • Raymond McGinley – Vocais e Guitarras
  • Paul Quinn – Bateria

Músicos adicionaisEditar

  • David Bianco – Guitarras, piano, vocais (também o produtor do álbum)
  • Dinah Beamish – Violão celo
  • Jules Singleton – Violino
  • Sonia Slany – Violino
  • Jocelyn Pook – viola
  • Nigel Hitchcock – Saxofone alto
  • Steve Sidwell – Trompete
  • Jamie Talbot – Saxofone tenor
  • Chris White – Saxofone barítono
  • Dave Barker – palmas
  • Chas Banks – palmas
  • Jim Parsons – palmas

Técnicos de GravaçãoEditar

  • Teenage Fanclub – co - produção e conceito da capa
  • David Bianco – co - produção
  • Stephen Marcussen – masterização
  • Sonia Slany – arranjos
  • George Borowski – Manutenção das guitarras
  • Marcus Tomlinson – Foto da Capa
  • John Andrews – Direção foto de capa
  • Robert Fisher – Desenho do logo "Grand Prix"
  • Toby Egeinick – Layout da capa

ReferênciasEditar

  1. «Grand Prix - Teenage Fanclub | Songs, Reviews, Credits, Awards | AllMusic». AllMusic. Consultado em 7 de setembro de 2015 
  2. «The Quietus | Features | Strange World Of... | The Strange And Frightening World Of Teenage Fanclub». Consultado em 12 de setembro de 2015 
  3. «Teenage Fanclub - Grand Prix (album review ) | Sputnikmusic». www.sputnikmusic.com. Consultado em 12 de setembro de 2015 
  4. a b Inc, Nielsen Business Media (28 de junho de 1997). Billboard. [S.l.]: Nielsen Business Media, Inc. 
  5. «25 Amazing Albums From 1995 – And What We Said About Them». New Musical Express. 21 de Julho de 2014. Consultado em 12 de setembro de 2015 
  6. «Teenage Fanclub Biography». OLDIES.com. Consultado em 12 de setembro de 2015 
  7. a b c d «ROCK. Un état des lieux de cette entreprise pop évolutive à la mode anglaise, autour du dernier album, «Grand Prix».Changement de formule pour Teenage Fanclub». Consultado em 12 de setembro de 2015 
  8. «Teenage Fanclub // Songs From Northern Britain // review». Consultado em 12 de setembro de 2015. Arquivado do original em 3 de março de 2016 
  9. «SPIN 30: Teenage Fanclub Talk Unlikely Breakout Album, 'Bandwagonesque' | SPIN». Consultado em 12 de setembro de 2015 
  10. «teenage fanclub_百度百科». baike.baidu.com. Consultado em 12 de setembro de 2015 
  11. King, Richard (3 de abril de 2012). How Soon is Now?: The Madmen and Mavericks who made Independent Music 1975-2005. [S.l.]: Faber & Faber. ISBN 9780571278329 
  12. Nash, Stewart. «20 years of Teenage Fanclub's 'Grand Prix' | Creation Records». www.creation-records.com. Consultado em 7 de setembro de 2015 
  13. Shake Some Action - The Ultimate Guide To Power Pop. [S.l.]: Shake Some Action - PowerPop. 1 de janeiro de 2007. ISBN 9780979771408 
  14. Miller, Scott (1 de janeiro de 2010). Music: What Happened?. [S.l.]: 125 Records. ISBN 9780615381961 
  15. Bianciotto, Jordi (1 de fevereiro de 2008). Guía Universal Del Rock: de 1990 Hasta Hoy. [S.l.]: American Bar Association. ISBN 9788496222731 
  16. Collinson, Rowan. «BBC - Music - Review of Teenage Fanclub - Grand Prix». Consultado em 7 de setembro de 2015 
  17. «PAST ARCHIVES Teenage Fanclub». www.pastarchives.co.uk. Consultado em 12 de setembro de 2015 
  18. Lima, Carlos Eduardo (6 de outubro de 2014). Vestido de Flor. [S.l.]: Revolução eBook. ISBN 9781942159056 
  19. Scott, Anthony (28 de novembro de 2014). The Birthday Gift. [S.l.]: Troubador Publishing Ltd. ISBN 9781784620103 
  20. «Grand Prix - Teenage Fanclub | Credits | AllMusic». AllMusic. Consultado em 7 de setembro de 2015