Abrir menu principal
Groote Eylandt
Groote Eylandt está localizado em: Austrália
Groote Eylandt
13° 58' S 136° 35' E
Geografia física
País  Austrália
Localização Golfo de Carpentária
Área 2285  km²
Geografia humana
População 1539 (2007)
Densidade 0,7  hab./km²
Groote eylandt.jpg
Groote Eylandt em imagem de satélite

Groote Eylandt (em inglês: Groote Eylandt island )[1] é a maior ilha do Golfo de Carpentária, no nordeste da Austrália. É um território propriedade do povo Anindilyakwa (que ainda fala o isolado idioma Anindilyakwa).

Groote Eylandt fica a 50 km da costa norte do território continental e oriental da Terra de Arnhem (aproximadamente a 630 km de Darwin). Tem aproximadamente 50 km de este a oeste e 60 km de norte a sul, com área total de 2285 km². Tem relevo muito suave, com altitude média de apenas 15 m, embora o monte denominado Central Hill chegue à altitude de 219 m. Recebeu o nome dado pelo explorador Abel Tasman em 1644, que significa em neerlandês com grafia arcaica "Grande Ilha" (hoje seria escrita Groot Eiland).

HistóriaEditar

Groote Eylandt foi avistada pela primeira vez pelos europeus em 1623, pelo navio neerlandês Arnhem. Porém, só em 1644, quando chegou Abel Tasman, é que a ilha teve um nome europeu. A primeira colónia na ilha foi feita em 1921, sob a forma de uma missão cristã. Durante a Segunda Guerra Mundial, em 1943, a missão mudou-se para Angurugu, já que a força aérea australiana requereu o uso da pista de aviação da missão. As ruínas da base ainda hoje se podem ver. A ilha foi usada como base de hidroaviões durante algum tempo. Em 1979, o controlo da ilha passou para os aborígenes locais.

Groote Eylandt é hoje terra de propriedade aborígene após o Acordo dos Direitos de Terras Aborígenes (NT) de 1976.

  Este artigo sobre Geografia da Austrália é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.


Referências

  1. «www.aph.gov.au/Senate/Committee/eet_ctte/estimates/bud_0607/dewr/w035_07.pdf» (PDF). Consultado em 13 de setembrode 2010  Verifique data em: |acessodata= (ajuda)