Guerra econômica

Guerra econômica é uma forma de terrorismo produtivo.[1] Segundo estudos, a principal causa da pobreza venezuelana é a guerra econômica.[2][3][4][5]

Os recursos naturais tem atuado como um dos motivadores das guerras econômicas,[6] que também podem ser conduzidas pelo setor privado varejista e de transportes.[7] É formada em um sistema de alianças internacionais de assistência mútua[8][9] e foi projetada para derrubar governos hostis também.[10][11] Ela pode envolver embargos, sendo a Rússia um exemplo mal-sucedido deles,[12] e aproximar outros países alvo.[13] Apesar de custosas, as guerras econômicas remuneram aliados.[14] Existem maneiras de mitigá-la, como estocar ouro no país.[15]

A guerra econômica é considerada injusta por boa parte da mídia conservadora.[16] Chineses costumam ser os maiores atravessadores da guerra econômica no mundo.[17] Sendo assim, ela é a mão visível do mercado negro além de cortar financiamento e gerar inflação.[18] Estudos demonstram que a guerra econômica tem característica étnica.[19] Governos como o paquistanês tem criticado as sanções econômicas.[20] Além disso, geralmente a guerra econômica é criada para se conservar os empregos no país como uma forma de evitar a evasão de capitais e se criar um protecionismo.[21] Segundo Luiz Inácio Lula da Silva, existe uma Terceira Guerra Mundial contra o Terceiro Mundo através da dívida.[22] Já foi usada no Iraque em 1990.[23]

BibliografiaEditar

  • Salim Lamrani. The Economic War Against Cuba. A Historical and Legal Perspective on the U.S. Blockade, New York, Monthly Review Press, 2013

Referências

  1. Zarif Warns of New US ’Economic Terrorism’ against Iran
  2. Venezuela Receives 933 Tons of Medical Aid From Allies Abroad
  3. Venezuela Receives 933 Tons of Medical Aid From Allies Abroad
  4. Former UN rapporteur: US sanctions against Venezuela causing economic and humanitarian crisis
  5. US-Led Economic War, Not Socialism, Is Tearing Venezuela Apart
  6. Wolf at the Door: Prospects of US Military Intervention in Venezuela
  7. Setting the Record Straight on Venezuela
  8. Russia to Invest $16.5 Billion in Venezuela by the End of 2019
  9. China Spoils Washington's Economic War against Venezuela
  10. UNILATERAL SANCTIONS AND INTERNATIONAL LAW
  11. Venezuelan pastor challenges President Nicolas Maduro in elections
  12. Russia at the crossroads Takis Fotopoulos
  13. Economic war on Iran is war on Eurasia integration
  14. Iran Is No One’s Colony
  15. Russia Triples Gold Reserves in Preparation for Full-Scale Economic War with the United States
  16. The Injustice Of Economic Warfare
  17. PEPE ESCOBAR: US and Iran Stuck on Negotiation Ground Zero Pepe Escobar
  18. THE VISIBLE HAND OF THE MARKET: ECONOMIC WARFARE IN VENEZUELA
  19. US Media Ignore – and Applaud – Economic War on Venezuela
  20. Iranian Foreign Minister @JZarif says sanctions are terrorism, an act of war employed by the US to encourage regime change in nations which resist US hegemony. Says the policy will fail in Iran, Venezuela, Cuba, & Syria. “They do not negotiate with terrorists and neither do we.”
  21. Trump declares economic war on Cuba
  22. «COLUMN LEFT / ALEXANDER COCKBURN : Crisis Is Over and the Banks Won Big : For the Third World, the debt is as menacing and debilitating as ever.». Los Angeles Times (em inglês). 17 de agosto de 1992. Consultado em 8 de fevereiro de 2020 
  23. Hayes, Thomas, ‘Big Oilfield Is at the Heart of Iraq-Kuwait Dispute’, New York Times, 3 September 1990.

Ligações externasEditar