Gustave Thibon

filósofo francês

Gustave Thibon (francês: [tibɔ̃]; 2 de setembro de 190319 de janeiro de 2001) foi um filósofo francês.[1] Ele foi indicado ao Prêmio Nobel de Literatura quatro vezes.[2]

Gustave Thibon
Data de nascimento: 2 de setembro de 1903
Local: Saint-Marcel d'Ardèche
Morte 19 de janeiro de 2001 (97 anos)
Local: Saint-Marcel d'Ardèche

BiografiaEditar

Embora essencialmente autodidata (ele deixou a escola aos 13 anos), Thibon era um ávido leitor - especialmente de poesia, em francês, provençal e latim. Ele ficou muito impressionado com a Primeira Guerra Mundial, que o levou a odiar o patriotismo e a democracia.[3] O jovem Gustave Thibon viajou extensivamente, primeiro para Londres e Itália e depois para o norte da África, onde serviu nas forças armadas, antes de retornar à sua cidade natal aos 23 anos. Sob a influência de escritores como Léon Bloy e Jacques Maritain, ele se converteu ao catolicismo. A convite deste último, iniciou sua carreira literária nas páginas da Revue Thomiste.

Durante a Segunda Guerra Mundial, Thibon hospedou a filósofa Simone Weil em sua fazenda; ele publicou a obra de S. Weil, La Pesanteur et la Grâce (Gravidade e Graça), em 1947.[4]

ObrasEditar

Referências

  1. Balla, Borisz de (1953). "The World of Gustave Thibon," The Catholic World, Vol. 177, No. 1062, pp. 432–439.
  2. «Nomination Database». www.nobelprize.org. Consultado em 19 de abril de 2017 
  3. Sutermeister, Wesley (2014). "Gustave Thibon and Human Freedom," Obsculta, Vol. 7, No. 1, pp. 49–59.
  4. Tomlin, E. W. F. (1954). Simone Weil. Cambridge: Bowes & Bowes.
  5. English translation, What Ails Mankind? An Essay on Social Physiology, by Willard Hill, Sheed & Ward, New York, 1947.
  6. English translation, Back to Reality, by A. Gordon Smith, Hollis & Carter, London 1955.
  7. English translation, What God has Joined Together, by A. Gordon Smith, Hollis & Carter, London 1952.
  8. English translation, Love at the Crossroads, by Reginald F. Trevott, Burns & Oates, London 1964.

Leitura adicionalEditar

  • Chabanis, Christian (1967). Gustave Thibon: Témoin de la Lumière. Paris: Beauchesne.
  • Fraigneux, Maurice (1947). Introduction à Gustave Thibon. Paris: Pascal.
  • Lemaire, Benoît (1980). L'Espérance sans Illusions. L'Espérance Chrétienne dans la Perspective de Gustave Thibon. Montréal: Éd. Paulines.
  • Lemaire, Benoît (1984). "La Liberté au Centre du Conflit entre l'Esprit et la Vie." In: De la Philosophie comme Passion de la Liberté: Hommage à Alexis Klimov. Québec: Éditions du Beffroi, pp. 283–305.
  • Massis, Henri (1967). Au Long d'une Vie. Le Message de Gustave Thibon. Paris: Plon.

Ligações externasEditar