Hakushika

A Hakushika (oficialmente nomeada como Tatsuuma-Honke Brewing Co., Ltd) é uma indústria japonesa de saquê.[1] Sua origem é datada de 1662, em Nishinomiya (cidade que sedia a empresa), na região de Nada-ku (localizada entre Osaka e Kobe),[2] sendo considerado atualmente um nome tradicional na sua área de atuação.

Esta empresa possui um memorial que conta sua história, sendo este um dos pontos turísticos de Nishinomiya.[3]

HistóriaEditar

A história da empresa teve início em 1662, quando Kichizaemon Tatsuuma fundou uma cervejaria em Nishinomiya. A região era privilegiada, sobretudo por estar próxima ao oceano, além das condições para plantio do arroz (alinha à qualidade de sua água) serem pontos de destaque à época.[1] Em si, o século XVII mostrou o surgimento de um novo ciclo na cultura japonesa, com o crescimento local em tópicos como artes e assuntos de gosto, no qual adentrava as bebidas com sabor mais apurado produzidas a partir de técnicas mais aprimoradas, sendo o saquê parte importante deste conceito.[4][5]

Em 1840, a família Tatsuuma entrou no segmento da fabricação de barcos à vela e na venda da chamada "água miyamizu". O líder desta família, em 1877, inscreveu seu saquê em uma competição de nível nacional, sendo Hakushika o seu nome. A conquista do prêmio levou esta marca a ser a principal de sua cervejaria.[1] Após as duas guerras mundiais, em meados dos anos de 1950, o saquê Hakushika começou a ser mais consumido nas refeições japonesas e, na mesma década, começou a ser exportado para os Estados Unidos. As décadas de 1980 e 1990 mostraram a crescente popularidade desta marca de saquê no mundo.[1][6][7]

Atualmente, a indústria preserva os processos artesanais de fermentação e filtração, com o emprego de água da montanha de Rokko em Nishinomiya e do arroz Yamadanishiki (especial para saquês), polido em até cinquenta porcento para aumentar sua pureza.[8] Hoje, o nome Hakushika é visto como pertencente a uma das melhores cervejas japonesas.[1]

PremiaçõesEditar

Hakushika foi eleita a melhor marca de saquê do mundo por três anos consecutivos (2006 a 2008),[carece de fontes?] pela Monde Selection Brussels (que premia as melhores bebidas do mundo desde 1961).[9]

A marca foi também premiada no Fine Sake Awards Japan 2018, com a medalha de ouro em sua principal categoria, a The Fine Sake Awards Japan.[10]

MuseuEditar

O Memorial do Saquê de Hakushika (em japonês: 白鹿記念酒造博物館; em inglês: Hakushika Memorial Sake Museum), também conhecido como Museu do Saquê (em inglês: Sake Museum), foi inaugurado em 1982 com o objetivo de comemorar o 320º aniversário desde o início dos trabalhos de Tatsuuma com a marca Hakushika.[11] Exposições e palestras sobre saquê são exemplos de eventos realizados neste local, com foco na história desta tradicional bebida japonesa.[12][13]

EmpresaEditar

Entre os fatores que determinam a pureza da bebida destacam-se o nível de polimento do arroz, a origem da água e a habilidade do produtor (conhecido como toji). Desse modo, alguns fatores são categorizados os seguintes tipos de saquê.[14]

  • Honjozo - com 30% de polimento, produzindo um saquê do tipo premium, sendo diluído em álcool para aumentar o rendimento da produção; tem como característica um odor menos encorpado.
  • Junmai - com 30% de polimento, sem diluição.
  • Ginjo - com 40% de polimento, produzindo um saquê extra-premium.
  • Dai-Ginjo - com 50% de polimento, produzindo um saquê extra-premium.

ClassificaçõesEditar

Os saquês produzidos por esta indústria são:[14]

  • Karakuchi - um saquê de tipo "seco".
  • Genshu - de sabor mais acentuado do que os demais.
  • Koshu - envelhecido antes de ser engarrafado.
  • Nama - produzido sem pasteurização ("cru"), com prazo de validade mais curto.
  • Toru - armazenado em recipientes de madeira, é mais próximo dos antigos processos artesanais de fabricação.
  • Nigori - saquê não filtrado, de aspecto turvo, devido ao sedimento de arroz remanescente.
  • Sparkling - gaseificado.

Ver tambémEditar

Referências

  1. a b c d e «Hakushika Brand Story | History about Hakushika». www.hakushika.co.jp (em inglês). Hakushika Japan. Consultado em 8 de dezembro de 2018 
  2. «Water and its role in the Kansai diet-Kansai's famous sake sites 1: Nada». archive.is (em inglês). Culture - Kansai Window (salvo em archive.is). 4 de julho de 2004. Consultado em 24 de fevereiro de 2009 
  3. «A Sight seeing spot of Nishinomiya». nishinomiya-kanko.jp (em inglês). Nishinomiya Tourism Association. Consultado em 8 de dezembro de 2018 
  4. «The History of Sake». www.asianartmall.com (em inglês). Consultado em 8 de dezembro de 2018 
  5. «History of sake» (PDF). www.japansake.or.jp (em inglês). Japan Sake. Consultado em 8 de dezembro de 2018 
  6. Ciccateri, Tom (Outubro de 1998). «Review of Hakushika Brewery» (em inglês). Real Beer (salvo em Wayback Machine). Consultado em 8 de dezembro de 2018 
  7. Shore, Sandy (19 de novembro de 1992). «Japanese Sake Brewery Opens Near Coors». AP NEWS (em inglês). Consultado em 8 de dezembro de 2018 
  8. «Sake World Newsletters 2007». www.esake.com (em inglês). eSaké. Fevereiro de 2007. Consultado em 24 de fevereiro de 2009 
  9. «Monde Selection : Beers, Waters & Soft Drinks». www.monde-selection.com (em inglês). Consultado em 8 de dezembro de 2018 
  10. «The Fine Sake Awards Japan 2018». The Fine Sake Awards Japan (em inglês). Consultado em 8 de dezembro de 2018 
  11. «Hakushika | Breweries». Sake of Nadagogo (em inglês). Consultado em 8 de dezembro de 2018 
  12. «About The Hakushika Memorial Sake Museum». Japan Hoppers - Free Japan Travel Guide (em inglês). Consultado em 8 de dezembro de 2018 
  13. «Hakushika Memorial Sake Museum». www7.kobe-np.co.jp (em inglês). Must-See Hyogo|Hyogo Odekake Plus|Kobe Shimbun NEXT. Consultado em 8 de dezembro de 2018 
  14. a b «Hakushika | Products». www.hakushika.co.jp (em inglês). Consultado em 8 de dezembro de 2018 

Ligações externasEditar

  Este artigo é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o. Editor: considere marcar com um esboço mais específico.