Harare

capital do Zimbábue
Harare
  Cidade  
Horizonte de Harare
Símbolos
Bandeira de Harare
Bandeira
Brasão de armas de Harare
Brasão de armas
Lema Pamberi Nekushandira Vanhu (Avançar com o Serviço para o Povo)
Apelido(s) Sunshine City
Localização
Mapa do Zimbabwe mostrando a localização de Harare
Mapa do Zimbabwe mostrando a localização de Harare
Harare está localizado em: Zimbabwe
Harare
Mapa do Zimbabwe mostrando a localização de Harare
Coordenadas 17° 51' 50" S 31° 1' 47" E
País Zimbábue
Província Harare
História
Fundada como Forte Salisbury 1890
Cidade incorporada 1935
Renomeada para Harare 1982
Administração
Prefeito Herbert Gomba
Características geográficas
Área total 872 km²
População total (2012) 2 123 132 hab.
Densidade 2 434,8 hab./km²
Altitude 1 490 m
Fuso horário CAT (UTC+2)
Horário de verão CEST (UTC+1)
Cidades gêmeas
Nottingham Reino Unido
Munique Alemanha
Cincinnati Estados Unidos
Prato Itália
Lago Itália
Sítio www.hararecity.co.zw

Harare, a antiga Salisbúria (em inglês: Salisbury), é a cidade capital do Zimbábue, que possui estatuto de província. Situada no nordeste do país, a uma altitude de 1 483 metros acima do nível do mar, é a cidade mais populosa do Zimbábue, sendo o seu principal centro administrativo, de comunicações e comercial. Na cidade de Harare, encontra-se, também, a sede da Universidade do Zimbábue.

HistóriaEditar

Fundada em 1890, como forte para a Coluna Pioneira liderada por Cecil Rhodes, o fundador da Rodésia (actual Zimbábue), o primeiro nome da cidade foi Salisbury, em homenagem ao primeiro-ministro inglês Robert Arthur Talbot Gascoyne-Cecil, o terceiro Marquês de Salisbúria.

Corverteu-se em cidade em 1935 e foi, de 1953 a 1963, a capital da Federação da Rodésia e Niassalândia. Recebeu o seu actual nome a 18 de abril de 1982, no segundo aniversário da independência do país, em homenagem ao chefe Shona Neharawa. Porém os nomes coloniais dos bairros constituintes da cidade mantiveram-se. Em 2002, a cidade sofreu grave crise económica devido às eleições presidenciais desse ano.

GeografiaEditar

ClimaEditar

Dados climatológicos para Harare (1961–1990, extremos 1897–presente)
Mês Jan Fev Mar Abr Mai Jun Jul Ago Set Out Nov Dez Ano
Temperatura máxima recorde (°C) 33,9 35,0 32,3 32,0 30,0 27,7 28,8 31,0 35,0 36,7 35,3 33,5 36,7
Temperatura máxima média (°C) 26,2 26,0 26,2 25,6 23,8 21,8 21,6 24,1 28,4 28,8 27,6 26,3 25,5
Temperatura média (°C) 21,0 20,7 20,3 18,8 16,1 13,7 13,4 15,5 18,6 20,8 21,2 20,9 18,4
Temperatura mínima média (°C) 15,8 15,7 14,5 12,5 9,3 6,8 6,5 8,5 11,7 14,5 15,5 15,8 12,3
Temperatura mínima recorde (°C) 9,6 8,0 7,5 4,7 2,8 0,1 0,1 1,1 4,1 5,1 6,1 10,0 0,1
Precipitação (mm) 190,8 176,3 99,1 37,2 7,4 1,8 2,3 2,9 6,5 40,4 93,2 182,7 840,6
Dias com precipitação 17 14 10 5 2 1 0 1 1 5 10 16 82
Umidade relativa (%) 76 77 72 67 62 60 55 50 45 48 63 73 62
Horas de sol 217,0 190,4 232,5 249,0 269,7 264,0 279,0 300,7 294,0 285,2 231,0 198,4 3 010,9
Fonte: World Meteorological Organization,[1] NOAA (Sol e temperatura média, 1961–1990),[2]
Fonte 2: Deutscher Wetterdienst (umidade, 1954–1975),[3] Meteo Climat (Máximas e mínimas recordes)[4]

EconomiaEditar

É um dos maiores centros comerciais da África subsariana. Aqui, realiza-se o intercâmbio de tabaco (uma das maiores fontes de subsistência do país), algodão, mandioca, café, diversas frutas e ouro. Existem muitos mercados onde se vendem, para além destes, um número incontável de outros produtos, principalmente agrícolas. A indústria está, aqui, representada pela têxtil e química. Porém, mesmo com a industrialização, a maioria dos produtos são manufacturados.

DistritosEditar

Cidades-irmãsEditar

InfraestruturaEditar

TransportesEditar

A cidade é atravessada pela estrada Rodovia Transafricana 9 (TAH9), que a liga à Lobito, em Angola, e à Beira, em Moçambique.

Harare possui uma das mais importantes estações ferroviárias do Caminho de Ferro de Machipanda, que a conecta ao porto da Beira e à Bulauáio.[5]

O principal aeroporto zimbabuano, o Aeroporto Internacional Robert Gabriel Mugabe, está localizado nesta capital.[6]

EducaçãoEditar

A Universidade do Zimbabwe mantém reitoria e campus principal nesta cidade.[7]

Referências

  1. «World Weather Information Service – Harare». World Meteorological Organization. Consultado em 10 de junho de 2016 
  2. «Harare Kutsaga Climate Normals 1961–1990». National Oceanic and Atmospheric Administration. Consultado em 10 de junho de 2016 
  3. «Klimatafel von Harare-Kutsaga (Salisbury) / Simbabwe» (PDF). Baseline climate means (1961–1990) from stations all over the world (em alemão). Deutscher Wetterdienst. Consultado em 10 de junho de 2016 
  4. «Station Harare» (em francês). Meteo Climat. Consultado em 10 de junho de 2016 
  5. Machipanda Railway Upgrade. Programme for Infrastructure Development in Africa. 2019.
  6. «Zimbabwe renames Harare airport after Robert Mugabe». BBC News. 9 de novembro de 2017. Consultado em 1 de janeiro de 2018. Cópia arquivada em 9 de janeiro de 2018  Parâmetro desconhecido |url-status= ignorado (ajuda)
  7. Contact Us UofZ. 2020.


Províncias do Zimbabwe  

Bulawayo (cidade) | Harare (cidade) | Manicalândia | Masvingo | Matabelelândia Norte | Matabelelândia Sul | Maxonalândia Central | Maxonalândia Oriental | Maxonalândia Ocidental |

Midlands

  Este artigo sobre Geografia do Zimbabwe é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.