Abrir menu principal
Imagem representando o faraó egípcio Amósis I derrotando os hicsos em combate

Os hicsos (em egípcio heqa khasewet, "soberanos estrangeiros"; em grego Ὑκσώς ou Ὑξώς; em árabe: الملوك الرعاة , ou como em versão atualizada "reis cativos") foram um povo semita asiático que invadiu a região oriental do Delta do Nilo durante a décima segunda dinastia do Egito, iniciando o Segundo Período Intermediário da história do Antigo Egito. São mostrados na arte local vestindo os mantos multicoloridos associados com os arqueiros e cavaleiros mercenários de Mitani (ha ibrw) de Canaã, Aram, Kadesh, Sídon e Tiro. Se eram arqueiros cavaleiros vizinhos a Mitani sua origem indo-iranídea ou cítica pré-eslávica é bem mais provável que a semítica.[1][2]

Referências

  1. Charlotte Booth: The Hyksos period in Egypt. Princes Risborough, Shire 2005. ISBN 0-7478-0638-1
  2. Säve-Söderbergh, T. "The Hyksos Rule in Egypt," Journal of Egyptian Archaeology 37 (1951).