Abrir menu principal

Hold Me Now (canção de Johnny Logan)

Question book.svg
Este artigo ou secção não cita fontes confiáveis e independentes (desde setembro de 2018). Ajude a inserir referências.
O conteúdo não verificável pode ser removido.—Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)

"Hold Me Now" (tradução portuguesa: "Abraça-me agora") foi a canção que representou a Irlanda no Festival Eurovisão da Canção 1987, interpretada em inglês por Johnny Logan (nome verdadeiro: Seán Sherrard) e que foi a grande vencedora do certame desse ano, obtendo um total de 172 pontos. Logan já tinha ganho anteriormente em 1980 ao interpretar a canção "What's Another Year" e a canção Terminal 3 , interpretada por Linda Martin que terminou em segundo lugar no Festival Eurovisão da Canção 1984. Ganharia mais tarde em Festival Eurovisão da Canção 1992 com a canção Why me?, interpretada pela já referida Linda Martin.

A canção Hold me Now foi votada como a terceira melhor canção do Festival Eurovisão da Canção, atrás de Waterloo dos ABBA e de "Nel blu dipinto di blu".

Foi a vigésima canção a ser interpretada na noite do evento realizado em Bruxelas, a seguir à canção dinamarquesa "En lille melodi", interpretada por Anne-Cathrine Herdorf e a banda Drengene e antes da canção jugoslava "Ja sam za ples", interpretada pela banda Novi Fosili.

AutoresEditar

LetraEditar

A canção é uma balada cantada do ponto de vista de um homem cuja amada o está trocando por outro. O cantor apela à sua namorada para "toca-me, toca-me do modo como costumavas fazer" de modo a deixar-lhe boas memórias no relacionamento deles, mesmo que eles "fique na memória/pela última vez". O coro diz à rapariga "Não digas nada", quando eles se preparam para partir. Apesar da triste partida, o cantor diz que "Eu saberei /que apesar de estarmos separados/Nós estaremos sempre juntos", o que dá algum otimismo da parte dele.

MúsicaEditar

A música também composta por Johnny Logan é uma balada típica do Festival Eurovisão da Canção , com o coro final a ser introduzido por um coro de cantores acompanhantes antes de eles se juntarem à voz de Logan outra vez.

CoversEditar

A canção teve várias covers de diversos intérpretes, como a versão reggae de Tanya Stephens. Foi também atualizada pelo cantor belga rapper Kaye Styles como "Don't Cry".

Fontes e ligações externasEditar