Abrir menu principal
Disambig grey.svg Nota: Se procura por o género de plantas da família Huaceae, veja Hua (planta).

Hu, Hua (Huwwa), Ladsu, Su ou Saua (Sawa) foi um(a) maí do Império de Canem da dinastia dugua ou Bani Ducu e governou de 1067 a 1071. É incerto se foi uma mulher ou não, sendo possível a julgar por indícios presentes no Girgam, a crônica real de Canem. Também é possível que foi a primeira monarca de Canem a professar o islamismo, e caso seja, isso justificaria, para Dierk Lange, a tentativa dos cronistas muçulmanos de mascararem seu verdadeiro nome em seus relatos. Segundo o Girgam, foi investida pelo califa em sua posição.[1][2][3]

Ver tambémEditar

Precedido por
Arcu
Maí de Canem
10671071
Sucedido por
Abdal Jalil

Referências

  1. Lange 2010, p. 529.
  2. Stokvis 1888, p. 483.
  3. Holl 2000, p. 179.

BibliografiaEditar

  • Holl, Augustin (2000). The Diwan Revisited: Literacy, State Formation and the Rise of Kanuri Domination (AD 1200-1600). Londres: Kegan Paul International 
  • Lange, Dierk (2010). «Cap. XV - A região do Chade na qualidade de entroncamento». In: El Fasi, Mohammed; Hrbek, I. História Geral da África – Vol. III – África do século VII ao XI. São Carlos; Brasília: Universidade Federal de São Carlos 
  • Stokvis, Anthony Marinus Hendrik Johan (1888). Manuel d'histoire, de généalogie et de chronologie de tous les états du globe, depuis les temps les plus reculés jusqu'à nos jours. 1. Leida: Brill