Abrir menu principal

Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia

(Redirecionado de INPA)

O Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia (INPA) é um instituto público da administração federal brasileira criado em 1952, vinculado ao Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações. Tem por finalidade pesquisar e fornecer conhecimento científico sobre a Região Amazônica. A sede do INPA está localizada na cidade de Manaus e recebe cerca de 120 mil pessoas por ano.[3]

Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia

Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia INPA.png
Instituto de Pesquisas da Amazônia.JPG
Sede do INPA em Manaus.
Organização
Natureza jurídica Instituto público
Missão Gerar e disseminar conhecimentos e tecnologia, e capacitar recursos humanos para o desenvolvimento da Amazônia.[1]
Atribuições Estudos, pesquisas científicas e desenvolvimento tecnológico relacionados ao meio ambiente, com os sistemas sócio-econômico-culturais da Região Amazônica, realizar atividades de extensão, com vistas à aplicação do conhecimento científico e tecnológico ao desenvolvimento regional.[2]
Dependência Governo Federal do Brasil
Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações
Chefia Antonia Maria Ramos Franco Pereira, Diretora
Localização
Jurisdição territorial Brasil
Sede Manaus, AM
Histórico
Criação 29 de outubro de 1952 (67 anos)
Sítio na internet
portal.inpa.gov.br

A maior parte das pesquisas têm foco nos tópicos de ecologia, zoologia e botânica.[4] Possui várias coleções com um grande número de exemplares e amostras da fauna e da flora da região Amazônica, composta por vários acervos, que foram reunidos ao longo de mais de 50 anos de inventários e pesquisas desenvolvidas pelo INPA na Amazônia.

O herbário do INPA possui a maior coleção de plantas da Amazônia e é o quinto maior herbário brasileiro. Conta com mais de 237 mil exemplares registrados, uma coleção de mais de 25.000 foto-tipos, além de coleções associadas: Carpoteca, com cerca de 2.500 frutos e Xiloteca, representada por 10.445 amostras de madeira. Este acervo está sendo digitalizado, e mais de 450 mil imagens já estão disponíveis online, com seus respectivos dados.[5]

Alguns projetos desenvolvidos no INPA se destacam, tais como o Biosfera-Atmosfera na Amazônia (LBA), Programa de Pesquisa em Biodiversidade (PPBio), Projeto Dinâmica Biológica de Fragmentos Florestais (PDBFF) e sete Projetos da Rede de Institutos Nacionais de Ciência e Tecnologia – INCTs.[6]

HistóricoEditar

Criado em 29 de outubro de 1952 e implementado em 1954, o INPA ao longo dos anos vem realizando estudos científicos do meio físico e das condições de vida da região amazônica para promover o bem-estar humano e o desenvolvimento sócio-econômico regional. Tornou-se referência mundial em Biologia Tropical.[7]

Os primeiros anos do INPA foram caracterizados pela por pesquisas, levantamentos e inventários de fauna e de flora. Atualmente, o desafio é expandir de forma sustentável o uso dos recursos naturais da Amazônia.[7]

EstruturaEditar

Bosque da CiênciaEditar

Inaugurado em 1 de abril de 1995 pelo presidente Fernando Henrique Cardoso, como parte das comemorações do 40.º aniversário do Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia (INPA), o Bosque da Ciência foi fundado com o objetivo de abrir as portas do Instituto ao público.[8]

O Bosque foi projetado e estruturado para fomentar e promover o desenvolvimento do programa de Difusão Científica e de Educação Ambiental do INPA, mantendo ao mesmo tempo a integridade física da área, preservando os aspectos da flora e fauna existentes no local.[8]

O bosque possui uma área de aproximadamente 130 mil metros, e para tornar seu percurso mais dinâmico, foram criadas as trilhas de acesso aos atrativos que compõe o local, possibilitando ao visitante obter mais informações em relação à fauna, flora e aos ecossistemas Amazônicos existentes. Para facilitar as visitas, o Bosque da Ciência conta com o apoio do Projeto Pequenos Guias, onde jovens atuam no Bosque de terça-feira a sexta-feira realizando visitas monitoradas.[8]

Cursos de pós-graduação[9]Editar

  • Curso de Pós-Graduação em Agricultura no Trópico Úmido
  • Programa de Pós-Graduação em Biodiversidade e Biotecnologia
  • Programa de Pós-Graduação em Biologia de Água Doce e Pesca Interior
  • Programa de Pós-Graduação em Botânica
  • Programa de Pós-Graduação em Ciências de Florestas Tropicais
  • Programa de Pós-Graduação em Clima e Ambiente
  • Programa de Pós-Graduação em Ecologia
  • Programa de Pós-Graduação em Entomologia
  • Programa de Pós-Graduação em Genética, Conservação e Biologia Evolutiva

Divisão de Suporte às Estações e Reservas – DISEREditar

A Divisão de Suporte às Estações e Reservas - DISER - pertence à estrutura organizacional do INPA desde 1998 - criada através da Portaria 406/98. De modo geral, a DISER é responsável pela manutenção e gerenciamento das Reservas, Bases de Apoio, Estações Experimentais, e Flutuantes do INPA.[10]

Núcleos[11]Editar

  • Núcleo de Apoio à Pesquisa no Acre – NAPAC
  • Núcleo de Apoio à Pesquisa no Pará – NAPPA
  • Núcleo de Apoio à Pesquisa em Rondônia – NAPRO
  • Núcleo de Apoio à Pesquisa em Roraima – NAPRR

Ver tambémEditar

Referências

  1. «Instituto Nacional de Pesquisas da Amazôna - Missão e Visão de Futuro». portal.inpa.gov.br. Consultado em 25 de setembro de 2019 
  2. «Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia - INPA». www.planalto.gov.br. Planalto. 15 de abril de 1987. Consultado em 26 de setembro de 2019 
  3. «Bosque da Ciência do Inpa é opção de lazer e contato com a natureza». portal.inpa.gov.br. Instituto Nacional de Pesquisas da Amazôna - INPA. 3 de janeiro de 2019. Consultado em 26 de setembro de 2019 
  4. «Inpa: pensando no futuro há 60 anos». Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia - INPA. 26 de outubro de 2012. Consultado em 9 de agosto de 2018 
  5. «Coleções Botânicas». portal.inpa.gov.br. Instituto Nacional de Pesquisas da Amazôna - INPA. 19 de agosto de 2016. Consultado em 26 de setembro de 2019 
  6. «Organismos de pesquisas / Nossos parceiros». brasil.ird.fr. IRD. Consultado em 26 de setembro de 2019 
  7. a b User, Super. «Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia - Sobre o INPA». portal.inpa.gov.br. Consultado em 9 de agosto de 2018 
  8. a b c «Sobre o Bosque». bosque.inpa.gov.br. Consultado em 26 de setembro de 2019 
  9. «Instituto Nacional de Pesquisas da Amazôna - Pós-Graduação». portal.inpa.gov.br. Consultado em 26 de setembro de 2019 
  10. «Instituto Nacional de Pesquisas da Amazôna - DISER». portal.inpa.gov.br. Consultado em 26 de setembro de 2019 
  11. «Núcleos». portal.inpa.gov.br. Instituto Nacional de Pesquisas da Amazôna - INPA. Consultado em 26 de setembro de 2019 

Ligações externasEditar