Ialodê (em iorubá: Ìyálòdè) é um termo honorífico dado aos orixás femininos nas casas de candomblé.[1] Em Ibadã, na Nigéria, é um título administrativo utilizado exclusivamente por mulheres que detém a posição de representar as mulheres em seus assuntos. Foi introduzido pelo baxorum Oluiolê, do Império de Oió, nos anos 1830 para ser conferido às mulheres de distinção.[2]

Referências

BibliografiaEditar

  • Oladejo, Mutiat Titilope (2016). Ibadan Market Women and Politics, 1900–1995. Londres: Lexington Books 

Ligações externasEditar