Abrir menu principal

In Love and War

filme de 1996 dirigido por Richard Attenborough
In Love and War
Pôster promocional
No Brasil No Amor e na Guerra[1]
Em Portugal Em Amor e em Guerra[2]
 Estados Unidos
1996 •  cor •  113 min 
Direção Richard Attenborough
Produção Richard Attenborough
Roteiro Henry S. Villard
James Nagel
Allan Scott
Dimitri Villard
Clancy Sigal
Anna Hamilton Phelan
Elenco Mackenzie Astin
Chris O'Donnell
Sandra Bullock
Margot Steinberg
Gênero filme de drama
filme de romance
filme biográfico
filme de guerra
Música George Fenton
Cinematografia Roger Pratt
Edição Lesley Walker
Distribuição New Line Cinema
Lançamento Estados Unidos 24 de janeiro de 1997
Brasil 1 de agosto de 1997
Portugal 12 de setembro de 1997
Idioma inglês
italiano
Receita US$ 25,4 milhões
Página no IMDb (em inglês)

In Love and War (bra: No Amor e na Guerra; prt: Em Amor e em Guerra) é um filme estadunidense de 1996, do gênero drama romântico-biográfico de guerra, dirigido por Richard Attenborough com roteiro baseado no livro Hemingway in Love and War, de Henry S. Villard e James Nagel.

O filme foi celebrado durante o 47º Festival Internacional de Berlim.[3]

'In Love and War é em grande parte baseado na experiência de Ernest Hemingway como jovem soldado na Itália durante a Primeira Guerra Mundial. Ferido, foi enviado ao hospital militar, onde dividiu o quarto com Villard — o autor do livro em que se baseia o filme — e foi tratado por Agnes von Kurowsky. Hemingway e Agnes se apaixonam, mas a relação não deu certo.

O filme, aparentemente numa tentativa deliberada para capturar o que o diretor chamou de "intensidade emocional" de Hemingway, toma liberdades com os fatos. Na vida real, ao contrário do filme , o relacionamento provavelmente nunca foi consumado, e que o casal não se reuniu novamente depois de Hemingway deixar a Itália.[4]

Hemingway, profundamente afetado por seu relacionamento amoroso com von Kurowsky , mais tarde escreveu várias histórias sobre essa relação de amor romântico, incluindo A Farewell to Arms.

O filme teve sua estreia nos Estados Unidos em 24 de janeiro de 1997, no Brasil em 1 de agosto de 1997 e em Portugal em 12 de setembro de 1997.

ElencoEditar

  • Mackenzie Astin como Henry Villard
  • Chris O'Donnell como Ernest 'Ernie' Hemingway
  • Margot Steinberg como Mabel 'Rosie' Rose
  • Sandra Bullock como Agnes von Kurowsky
  • Alan Bennett como Porter
  • Ingrid Lacey como Elsie 'Mac' MacDonald
  • Terence Sach como Porter
  • Carlo Croccolo como o prefeito
  • Tara Hugo como Katherine 'Gumshoe' De Long
  • Gigi Vivan como Criança Italiana
  • Giuseppe Bonato como Avô
  • Allegra Di Carpegna como Loretta Cavanaugh
  • Diane Witter como Adele Brown
  • Mindy Lee Raskin como Charlotte Anne Miller
  • Tracy Hostmyer como Ruth Harper
  • Tim McDonell como O Ajudante (Tenente Alberte)

RecepçãoEditar

O filme teve bom desempenho nas bilheterias.[5]

  A Wikipédia tem os portais:

Referências

  1. «No Amor e na Guerra». Brasil: CinePlayers. Consultado em 24 de dezembro de 2018 
  2. «Em Amor e em Guerra». Portugal: CineCartaz. Consultado em 24 de dezembro de 2018 
  3. «Berlinale: 1997 Programme». berlinale.de. Consultado em 8 de janeiro de 2012 
  4. The New York Times http://www.nytimes.com/books/99/07/04/specials/hemingway-diliberto.html  Em falta ou vazio |título= (ajuda)
  5. «Weekend Box-Office Derby Appears Too Close to Call». Los Angeles Times. 27 de janeiro de 1997. Consultado em 31 de maio de 2012 
  Este artigo sobre um filme estadunidense é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.