Indústria Aeronáutica Neiva

A Indústria Aeronáutica Neiva Ltda. foi uma fabricante de aeronaves e componentes que, após ser incorporada pela Embraer, teve seu parque fabril renomeado para Embraer - Unidade Botucatu, responsável por sua linha agrícola.[1]

Indústria Aeronáutica Neiva Ltda.
Empresa de capital fechado
Atividade Aeronáutica
Fundação 1954
Fundador(es) José Carlos de Barros Neiva
Encerramento 2006 (52 anos)
Sede Botucatu, SP
 Brasil
Produtos Aviões e serviços
Sucessora(s) Embraer
Website oficial www.embraeragricola.com.br

Sua sucessora está instalada no mesmo endereço, próxima ao Aeroporto Tancredo de Almeida Neves, na cidade de Botucatu, interior do Estado de São Paulo.[2]

HistóriaEditar

Fundada por José Carlos de Barros Neiva como Sociedade Construtora Aeronáutica Neiva, no Rio de Janeiro, em 12 de outubro de 1954. Foi transferida para Botucatu, onde fabricou inicialmente planadores modelos B "Monitor", além de inúmeros aviões de treinamento Paulistinha, cujos direitos adquiriu junto à Companhia Aeronáutica Paulista, e que ainda se fazem presentes em aeroclubes brasileiros.[3]

Em 1975, com dificuldades financeiras, firmou uma parceria com a Embraer, que na época era uma estatal e detinha acordo comercial com a norte-americana Piper Aircraft, para produzir aviões sob licença, mudando seus nomes.[4]

Com uma nova crise, a Embraer adquiriu a empresa em 1980, que continuou a operar com personalidade jurídica e administração própria. A partir daí desempenhou importante papel no desenvolvimento e fabricação de peças para todas as linhas de sua controladora.

Na mesma década passou a ser sua subsidiária e responsável pela produção do EMB-202 Ipanema. Em 1999, a fabricação do turboélice regional para transporte de passageiros EMB-120 Brasília, também foi transferida para suas instalações.

Em 2006, foi incorporada pela Embraer, tornando-se uma das unidades, voltada principalmente para a fabricação de aviões agrícolas.[5]

AeronavesEditar

Nome Tipo Projeto
  EMB-710 "Carioca" Monomotor a pistão Piper Aircraft
  EMB-711 "Corisco" Monomotor a pistão Piper Aircraft
  EMB-712 "Tupi" Monomotor a pistão Piper Aircraft
  EMB-720 "Minuano" Monomotor a pistão Piper Aircraft
  EMB-721 "Sertanejo" Monomotor a pistão Piper Aircraft
  EMB-810 "Seneca" Bimotor a pistão Piper Aircraft
  EMB-820 "Navajo" Bimotor a pistão Piper Aircraft
  EMB-821 "Carajá" Bimotor turboélice Piper Aircraft
  EMB-202 "Ipanema" Pulverização agrícola Embraer/ITA
  Neiva B "Monitor" Planador Próprio
  Neiva P-56 "Paulistinha" Monomotor de treinamento Companhia Aeronáutica Paulista
  Neiva Regente Monomotor a pistão Próprio
  Neiva T-25 "Universal" Monomotor de treinamento militar Próprio

Ver tambémEditar

  1. «Unidade Botucatu». www.embraeragricola.com.br. Consultado em 13 de setembro de 2016 
  2. «Centro Histórico Embraer» 
  3. «NEIVA INDÚSTRIA AERONÁUTICA COMPLETA 50 ANOS». www.embraer.com.br. Consultado em 20 de agosto de 2016 
  4. «Aéreo». 10 de fevereiro de 2013 
  5. «História e Tradição». www.embraeragricola.com.br. Consultado em 20 de julho de 2016 

Ligações externasEditar