Abrir menu principal
Inger Andersen
Nascimento 1958
Nacionalidade Dinamarca

Inger Andersen (1958) é uma economista e ambientalista dinamarquesa que ocupou diversos cargos de destaque em instituições inter-governamentais, dentre eles a vice-presidência para o Médio Oriente e o Norte de África do Banco Mundial. Atualmente ela é Diretora-Geral da União Internacional para a Conservação da Natureza.

Formação e carreiraEditar

Inger Andersen estudou na na Escola de Estudos Orientais e Africanos da Universidade de Londres, onde obteve um mestrado em economia do desenvolvimento e em política africana.[1]

Ela começou sua carreira trabalhando com problemas de desertificação no Sudão, e com o escritório da ONU para a região. Quando a Global Environment Facility foi criada em 1992, atuou como coordenadora da Região Árabe para o Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento. Em 1999 mudou-se para o Banco Mundial, onde trabalhou na linha de água, meio ambiente e desenvolvimento sustentável. Em 2010, ela foi nomeada Vice-Presidente de Desenvolvimento Sustentável e um ano mais tarde Vice-Presidente para o Oriente Médio e Norte da África. Ela também foi Chefe do Consultative Group on International Agricultural Research.

Em outubro de 2014 a UICN anunciou que em janeiro de 2015 Andersen assumiria o posto de Diretor-Geral da instituição,[2] substituindo Julia Marton-Lefèvre.

ReferênciasEditar

Ligações externasEditar

  Este artigo sobre um(a) economista é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.