Inglês sul-africano

A língua inglesa sul-africana é um dialeto da língua inglesa falado na África do Sul, e até certo grau nos países vizinhos com grande número de anglo-africanos, tais como a Namíbia e o Zimbabué.

O inglês sul-africano não tem uma pronúncia uniforme, devido ao fato do inglês ser a língua materna de apenas 40% dos habitantes brancos (a maioria dos restantes falando africânder como língua-mãe) e de uma ínfima minoria dos habitantes negros da região (8 porcento dos habitantes da Africa do Sul) dialeto pode, no entanto, ser identificado por muitos empréstimos principalmente do africâner, mas cada vez mais do zulu e de outras línguas africanas. Algumas destas palavras, como por exemplo trek (viagem pelo mato), infiltraram-se no uso geral da língua inglesa por todo o mundo.

Tradicionalmente, o inglês sul-africano era falado por sul-africanos brancos, mas há muito tempo que existe uma forma do inglês particular dos Asiáticos da África do Sul, e está a desenvolver-se muito rapidamente um inglês sul-africano distinto dentro da comunidade negra. Pode ser observada uma lenta convergência entre estes sub-dialetos.

A quarta edição do Dicionário de Inglês Sul-africano foi publicada em 1991.

Ligações externasEditar

  Este artigo sobre a África do Sul é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.