Interkosmos 1

Interkosmos 1 (Интеркосмос 1 em russo), também denominado de DS-U3-IK Nº 1, foi um satélite artificial soviético lançado em 14 de outubro de 1969 por meio de um foguete Kosmos-2I a partir da base de Kapustin Yar.[1][2][3][4]

Maquete do Interkosmos 1 no Museu do Ar em Paris.

CaracterísticasEditar

O Interkosmos 1 foi o primeiro membro da série de satélites DS-U3-IK e foi dedicado ao estudo da magnetosfera e a atmosfera superior da Terra. Ele foi projetado para estudar os raios X e ultravioleta do Sol e seus efeitos na atmosfera.[1]

O mesmo estava enquadrado dentro do programa de cooperação internacional Interkosmos entre a União Soviética e outros países. Os instrumentos de bordo, além dos fabricados pela União Soviética, foram fornecidos também pela República Democrática Alemã e pela República Socialista da Tchecoslováquia. Na recepção e interpretação dos dados participaram cientistas da República Popular da Bulgária, da República Popular da Hungria, da República Popular da Polônia e da República Popular da Romênia.[1]

Foi injetado em uma órbita inicial de 640 km de apogeu e 260 km de perigeu, com uma inclinação orbital de 48,4 graus e um período de 93,4 minutos. Reentrou na atmosfera em 2 de janeiro de 1970.[3][5][1]

Referências

  1. a b c d «Intercosmos 1» (em inglês). NASA. Consultado em 26 de abril de 2014. Arquivado do original em 22 de outubro de 2012 
  2. «Interkosmos 1, 4, 7, 11, 16 (DS-U3-IK)» (em inglês). Gunter's Space Page. Consultado em 26 de abril de 2014 
  3. a b «DS-U3-IK» (em inglês). Encyclopedia Astronautica. Consultado em 26 de abril de 2014 
  4. ««EL «INTERCOSMOS I»» (em espanhol). LA VANGUARDIA ESPAÑOLA. Consultado em 26 de abril de 2014 
  5. «Intercosmos 1» (em inglês). Real Time Satellite Tracking. Consultado em 26 de abril de 2014