Isabel Tudor (1492–1495)

Princesa da Inglaterra, França e Irlanda
(Redirecionado de Isabel Tudor)

Isabel Maria Luísa Júlia Tudor (em inglês: Elizabeth Mary Louise July Tudor; Richmond Palace, 2 de julho de 1492Castelo de Edimburgo, 14 de setembro de 1495) foi a segunda filha e a quarta criança de Henrique VII de Inglaterra e Isabel de Iorque e princesa da Inglaterra, França e Irlanda de 1492 até a sua morte.

Isabel Tudor
Princesa de Inglaterra, França e Irlanda
Arms of England (1307-1603).jpg
Nascimento 2 de julho de 1492
  Palácio de Richmond, Londres, Inglaterra
Morte 14 de julho de 1495 (3 anos)
  Castelo de Edimburgo, Edimburgo, Escócia
Sepultado em Abadia de Westminster
Casa Tudor
Pai Henrique VII da Inglaterra
Mãe Isabel de Iorque

Início da Vida editar

Isabel nasceu em 2 de julho de 1492 no Palácio de Sheen em Surrey (mais tarde reconstruída por seu pai como Palácio de Richmond, cujos restos agora fazem parte de Richmond upon Thames, Londres).

Isabel passou boa parte de sua curta vida no berçário real do Palácio de Eltham, Kent, com seus irmãos mais velhos, Margarida (mais tarde rainha da Escócia) e Henrique (o futuro Henrique VIII de Inglaterra). O irmão mais velho de Isabel, Artur, era herdeiro do trono inglês e, portanto, morava separadamente em sua própria casa. Pouco antes da morte de Isabel, seu pai propôs uma aliança de casamento entre Isabel e o príncipe francês Francisco, que mais tarde se tornou rei como Francisco I de França.

Morte editar

Isabel morreu de atrofia no Palácio de Eltham, em Kent, em 14 de setembro de 1495, com três anos e dois meses de idade.[1] Ela foi trazida de Eltham, no estado, e enterrada no lado norte da Capela de São Eduardo, o Confessor, na Abadia de Westminster, em 27 de setembro. Isabel foi a primeira de quatro filhos de Henrique VII e Isabel a morrer prematuramente e eles foram bastante afetados. A grande quantia de £ 318 (£ 155 479,74 em dinheiro de hoje) foi gasta em seu funeral, e Henrique ergueu uma pequena tumba para sua filha na abadia feita de Purbeck de mármore preto. No topo do monumento, há uma laje de cor preta polida, sobre a qual foram colocadas inscrições para Isabel e sua efígie de dourado, que agora desapareceram com o tempo.

No ano seguinte, em 1496, Henrique e Isabel tiveram outra filha, Maria, que se tornou a rainha da França. Seus dois últimos filhos, Edmundo (que morreu em 1500 aos 15 meses de idade) e sua irmã mais nova Catarina (que morreu em 1503 alguns dias após seu nascimento) foram deixados para descansar ao lado da jovem Isabel.

Referências

  1. «Elizabeth daughter of Henry VII». Westminster Abbey. Consultado em 13 de maio de 2020 – via westminster-abbey.org