Abrir menu principal
Question book-4.svg
Esta página cita fontes confiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo (desde dezembro de 2013). Ajude a inserir referências. Conteúdo não verificável poderá ser removido.—Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)

John McTaggart Ellis McTaggart (Londres, 18661925) foi um metafísico idealista inglês[1][2].

McTaggart estudou no Clifton College e no Trinity College, em Cambridge[2], onde permaneceu como palestrante durante a maior parte da sua vida. Ele era o principal estudioso de Hegel na Inglaterra no início do século XX, e foi o principal personagem do idealismo britânico.

McTaggart foi amigo e professor de Bertrand Russell e G. E. Moore. Ele desenvolveu seu próprio sistema metafísico, e tornou-se famoso pelo seu argumento contra a tese da realidade do tempo. Seu trabalho vem sendo discutido desde o século XX.

Em um célebre artigo intitulado The Unreality of Time (A Irrealidade do Tempo), publicado na revista Mind em 1908, McTaggart argumenta que nossa percepção do tempo é uma ilusão e que o tempo ele mesmo é meramente ideal.

Ele introduziu as noções de série-A e série-B, as quais designam interpretações do tempo representando duas diferentes maneiras de organizar os eventos no tempo. A série-A corresponde às nossas noções cotidianas de passado, presente e futuro. Frases como "X ocorreu no passado", "X está acontecendo agora" e "X ocorrerá no futuro" dizem respeito à série-A. Em contraste a isso temos a série-B, na qual os eventos estão localizados em uma ordem cronológica de acordo com relações como "X aconteceu antes de Y", "X ocorre ao mesmo tempo que Y" e "X ocorrerá após Y".

McTaggart argumentou que a série-A é um componente necessário de qualquer teoria completa do tempo, e também que a mesma é autocontraditória, o que significa que não há como dizer de coisa alguma que a mesma é passada, presente ou futura. Logo não há tempo, e nossa percepção do tempo é uma ilusão incoerente.

ObrasEditar

  • The Nature of Existence (2 vol. 1921/1927)[1]
  • Human Immortality and Pre-existance (1915)[3]
  • Some Dogmas of Religion[3]
  • Human Immortality and Pre-Existence[3]
  • The Further Determination of the Absolute[3]
  • Dare to Be Wise: An Address Delivered Before the Heretics Society in Cambridge, on the 8th December 1909[3]
  • Philosophical Studies[3]
  • Studies in Hegelian Cosmology[3]
  • A Commentary on Hegel's Logic[3]


Referências

  1. a b «John M. E. McTaggart» (em inglês). Stanford Encyclopedia of Philosophy. Consultado em 12 de Dezembro de 2013 
  2. a b «McTaggart, John (John McTaggart Ellis McTaggart)» (em inglês). Oxford Reference. Consultado em 12 de Dezembro de 2013 
  3. a b c d e f g h «John McTaggart Ellis McTaggart». Google Livros. Consultado em 12 de Dezembro de 2013 
  A Wikipédia possui o:
Portal de Filosofia
  Este artigo sobre filosofia/um(a) filósofo(a) é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.