Abrir menu principal
Jaime Aschemann Bispo Palhinha
Nascimento 16 de Outubro de 1924
Lagos
Morte 25 de Dezembro de 2001 (77 anos)
Portimão
Nacionalidade Portugal Portugal
Ocupação Professor e arqueólogo

Jaime Aschemann Bispo Palhinha (Lagos, 16 de Outubro de 1924 - Portimão, 25 de Dezembro de 2001), foi um professor e arqueólogo português.

Índice

BiografiaEditar

Nascimento e educaçãoEditar

Nasceu na Freguesia de São Sebastião, em Lagos, no dia 16 de Outubro de 1924.[1] Era filho de Jaime José Palhinha e de Natália Isabel Bispo Palhinha.[1]

Formou-se em construção civil na Escola Machado de Castro, em Lisboa.[1]

Carreira profissionalEditar

Após tirar o curso, emigrou para o Brasil, onde exerceu como projectista de construção civil.[1] Regressou posteriormente a Portugal, onde começou a ensinar por volta da Década de 1940.[1] Entre 1974 e 1978, ocupou a posição de provedor na Santa Casa da Misericórdia de Lagos.[1]

Interessou-se pela história de Lagos, Vila do Bispo e Portimão, tendo participado em trabalhos de investigação junto da associação Amigos de Portimão.[1] Publicou, junto com José Manuel Brásio e Francisco Carrapiço, o livro Muralhas de Portimão em 1974.[1] Escreveu igualmente o livro Convento de São Francisco - Estudo para a sua Reabilitação e Recuperação.[1] Foi um dos principais impulsionadores para a formação de um museu em Portimão, tendo feito parte da da primeira Comissão Instaladora do Museu Municipal, embora se tenha demitido devido a conflitos com a segunda comissão.[1]

Também procurou, sem sucesso, estabelecer um museu dedicado a Gago Coutinho na Vila do Bispo.[1]

FalecimentoEditar

Faleceu na cidade de Portimão, em 25 de Dezembro de 2001.[1]

 
Placa toponímica da Rua Jaime Bispo Palhinha, na cidade de Lagos.

HomenagensEditar

Recebeu, da autarquia de Portimão, a Medalha de Mérito Municipal, grau prata, em 11 de Dezembro de 1997, e a Medalha de Cidadão de Mérito Municipal, em 2 de Novembro de 1999.[1]

Em 7 de Maio de 2003, a Câmara Municipal de Lagos colocou o seu nome numa rua da Freguesia de São Sebastião.[2][1]

Referências

  1. a b c d e f g h i j k l m n FERRO, 2007:334-335
  2. «Freguesia de São Sebastião» (PDF). Câmara Municipal de Lagos. Consultado em 12 de Dezembro de 2012 

BibliografiaEditar

  • FERRO, Silvestre Marchão (2007). Vultos na Toponímia de Lagos 2.ª ed. Lagos: Câmara Municipal de Lagos. 467 páginas. ISBN 972-8773-00-5 


  Este artigo sobre uma pessoa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.