Jakob Bording, o Jovem

professor académico alemão

Jakob Bording, o Jovem (Hamburgo, 27 de Janeiro de 1547Lübeck, 21 de Fevereiro de 1616) foi jurista, burgomestre de Lübeck, Professor de Direito Feudal da Universidade de Rostock, chanceler do Duque de Mecklenburgo. Era filho de Jacob Bording (1511-1560), médico pessoal do rei da Dinamarca e reitor da Universidade de Copenhague. Jacob Bording, o Jovem, estudou Direito em Paris, Heidelberg (1570), Leipzig e Rostock, graduando-se em 1574 quando foi nomeado professor de Direito Feudal.

Jakob Bording, o Jovem
Nascimento 27 de janeiro de 1547
Hamburgo
Morte 21 de fevereiro de 1616
Lübeck
Cidadania Alemanha
Progenitores
Ocupação político, professor(a) universitário(a), médico
Empregador Universidade de Rostock

Nessa mesma época tornou-se conselheiro de João Alberto I (1525-1576)[1] e Ulrico III, Duque de Mecklenburg-Güstrow. Em 1579, recebeu seu diploma de Doutor em Direito da Universidade de Rostock. Em 1582, acompanhou Ulrico III até a Dieta de Augsburgo. Em 1586 foi nomeado chanceler de Mecklenburgo. Em 1600, mudou-se para a cidade hanseática de Lübeck onde foi eleito burgomestre. Em 1610, ele representou a cidade como enviado de Cristiano IV, em Copenhague. Johann Kirchmann (1575-1643)[2] fez uma oração fúnebre para ele. Foi sepultado na Igreja de Santa Maria, em Lübeck.

BibliografiaEditar

Veja tambémEditar

Referências

  Este artigo sobre uma pessoa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.