Abrir menu principal
Jan Høiland
Jan Høiland.jpg
Biografia
Nascimento
Morte
Cidadania
Atividade
Outras informações
Instrumento
Voz (d)Visualizar e editar dados no Wikidata
Distinção
Siddisprisen (d) ()Visualizar e editar dados no Wikidata
Causa da morte

Jan Höiland (Stavanger, 6 de fevereiro de 1939 – 7 de junho de 2017) foi um cantor e produtor musical norueguês. Radicado em Harstad,[1] alcançou popularidade nas décadas de 1960 e 1970 com versões em norueguês e sueco de hits internacionais e com canções do gênero popular schlager.[2] Seu maior êxito foi "Tiotusen röda rosor", composição de Thore Skogman, lançada como single em 1967, permaneceu seis semanas na parada Svensktoppen, alcançando o topo.[3]

Jan Høiland fez sua estreia em 1957, no Cafe Inger, em Stavenger.[4] Em 1958, estreou no mercado fonográfico com "Det vil komme av seg selv"/"Dormi-dormi-dormi", pela Columbia Records.

Jan Høiland morreu em 7 de junho de 2017, aos 78 anos.[1]

DiscografíaEditar

  • (1963) Ingen frågar efter Jimmy
  • (1968) Jan Høiland
  • (1970) Röda rosor från Santa Monica
  • (1971) Butterfly
  • (1971) En natt i Moskva
  • (1972) Blott en ros
  • (1973) En bit av mig själv
  • (1974) Jan
  • (1974) Kan hende jeg seiler
  • (1975) Tiotusen röda rosor
  • (1977) Jan Høiland
  • (1978) Jan Høiland
  • (1978) Kjære sjømann
  • (1980) Brit, Jan Erik og Jan
  • (1985) My Songs
  • (1989) Ballad för Adeline (com Richard Clayderman)
  • (1993) Made in Harstad
  • (1994) Tio tusen röda rosor (álbum)
  • (2006) Klovnen
  • (2008) White Christmas
  • (2014) The days of wine and roses


Referências

  1. a b «Jan Høiland er død» (em norueguês). Aftenposten. 8 de junho de 2017. Consultado em 17 de junho de 2017 
  2. «JAN HØILAND (1939-2017)» (em norueguês). Rogalyd. Consultado em 17 de junho de 2017 
  3. «Svensktoppen». Sveriges Radio. 1968. Consultado em 17 de junho de 2017 
  4. «Høiland, Jan» (em norueguês). MIC.no. Consultado em 17 de junho de 2017 


  Este artigo sobre um(a) cantor é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.