Abrir menu principal
Disambig grey.svg Nota: se procura pelo município brasileiro do estado do Rio Grande do Norte, veja Janduís (Rio Grande do Norte).

Os Janduís foram um grupo indígena brasileiro que, no século XVII, habitava as margens dos rios Açu, Moçoró e Apodi, nos estados brasileiros de Rio Grande do Norte e Paraíba.[1] Foram chamados também de Otxucaianas e já estão extintos a pouco tempo.[1]

Janduí
(Otxucaianas)
População total

Desconhecida

Regiões com população significativa
Paraíba e Rio Grande do Norte ( Brasil)
Línguas
macro-jê
Religiões
Animismo

EtimologiaEditar

O termo "janduí" deriva de Nhandu-í (que significa "ema pequena", "o corredor" ou "o veloz").[2] Em sentido diverso, o tupinólogo Eduardo de Almeida Navarro aponta, como origem do termo, o tupi antigo îandu'y, que significa "rio das emas" (îandu, ema e 'y, rio).[3]

HistóriaEditar

Durante o período colonial, existia, na região hoje ocupada pelo Rio Grande do Norte, Ceará e Paraíba, uma confederação de tribos Cariris, hostil à Coroa Portuguesa. Dentre estas, uma das mais aguerridas era a dos Janduís.

As balas dos colonizadores quebraram, por fim, essa resistência, assim como a escravidão, a assimilação cultural, as doenças trazidas pelos europeus e várias mortes dissolveram essas tribos. Restaram, por fim, a lenda e o nome.

Dos Janduís, procede o grupo indígena Canindés, que ainda persiste no século XXI.[carece de fontes?]

Referências

  1. a b «As nações indígenas da Paraíba». Instituto Histórico e Geográfico da Paraíba. Consultado em 28 de março de 2012 
  2. Luís da Câmara Cascudo (1968). Nomes da terra: geografia, história e toponímia do Rio Grande do Norte. [S.l.]: Fundação José Augusto. 321 páginas 
  3. NAVARRO, E. A. Dicionário de Tupi Antigoː a Língua Indígena Clássica do Brasil. São Paulo. Global. 2013. p. 580.

Ligações externasEditar

  Este artigo é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o. Editor: considere marcar com um esboço mais específico.