Jean-Antoine Chaptal

Jean-Antoine Chaptal
Nascimento 3 de junho de 1756
Saint-Pierre-de-Nogaret
Reino da França
Morte 30 de julho de 1832 (76 anos)
Paris
Sepultamento cemitério do Père-Lachaise
Nacionalidade francês
Cidadania França
Filho(s) Jean-Baptiste Marie Chaptal de Chanteloup
Alma mater Universidade de Montpellier
Ocupação químico, político
Prêmios Grã-cruz da Legião de Honra, Cavaleiro da Ordem de São Miguel, Membro Estrangeiro da Royal Society, os 72 nomes na Torre Eiffel
Empregador Universidade de Montpellier
Título conde
Campo(s) química

Jean-Antoine Chaptal, conde de Chanteloup (Saint-Pierre-de-Nogaret, Lozère, 3 de junho de 1756Paris, 30 de julho de 1832) foi um químico e estadista francês.

Estudou química na Universidade de Montpellier, obtendo o doutorado em 1777, estabelecendo-se a seguir em Paris. Durante a Revolução Francesa, uma publicação sua, Dialogue entre un montagnard et un girondin, foi a causa de sua prisão mas, através da intervenção de seus amigos, foi solto logo em seguida.

Chaptal e o vinhoEditar

É creditado a Chaptal o método de adição de sacarose (açúcar) ao mosto do vinho, de modo a provê-lo de melhor capacidade fermentativa, resultando em vinho mais alcoólico. Tal método é utilizado em várias denominações de origem controladas, inclusive no champanhe.

Principais obras científicasEditar

  • Élémens de Chymie (3 vols., 1790; nova edição, 1796-1803)
  • Traité du salpétre et des goudrons (1796)
  • Tableau des principaux sels terreux (1798)
  • Essai sur le perfectionnement des arts chimiques en France (1800)
  • Art de faire, de gouverner, et de perfectionner les vins (1 vol., 1801; nova edição,, 1819)
  • Traité théorique et pratique sur la culture de la vigne, avec l'art de faire le vin, les eaux-de-vie, esprit de vin, vinaigres simples et composés (2 vols., 1801; nova edição, 1811)
  • Essai sur le blanchiment (1801)
  • La Chimie appliquée aux arts (4 vols., 1806)
  • Art de la peinture du coton en rouge (1807)
  • Art du peinturier et du digraisseur (1800)
  • De l'industrie française (2 vols., 1819)
  • Chimie appliquée à l'Agriculture (2 vols., 1823; nova edição, 1829).
  Este artigo sobre um(a) químico(a) é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.