Abrir menu principal
Jean-Jacques Clérion
Nascimento 16 de abril de 1637
Aix-en-Provence
Morte 28 de abril de 1714 (77 anos)
Paris
Cidadania França
Cônjuge Geneviève Boulogne
Alma mater Academia Real de Pintura e Escultura
Ocupação escultor
Movimento estético barroco

Jean-Jacques Clérion (16 de abril de 1637 – 28 de abril de 1714) foi um escultor francês que trabalhou sobretudo para o rei Luís XIV.[1][2]

Clérion nasceu em Aix-en-Provence ou em Trets. Durante muita da sua carreira trabalhou no Palácio de Versalhes, e são dele muitas das famosas esculturas dos jardins, como a "Fonte de Apolo". A sua peça de admissão à Académie française foi um baixo-relevo de 1689 de São Tiago menor, que está no Louvre. Produziu uma cópia da Vénus Calipígia para Versalhes em 1686, e uma cópia da Vénus Medici que está no Château de Menars. Faleceu em Paris.

Apolo e seus cavalos - Versalhes
Christiaan Huygens

Ligações externasEditar

Referências

  1. rkd.nl. «Jean-Jacques Clérion» (em neerlandês). Consultado em 12 de junho de 2018 
  2. Larousse. «Jean-Jacques Clérion» (em francês). Consultado em 12 de junho de 2018