Jean-Jacques Servan-Schreiber

político francês


Jean-Jacques Servan-Schreiber
Nascimento 13 de fevereiro de 1924
Paris
Morte 7 de novembro de 2006 (82 anos)
Fécamp
Sepultamento Veulettes-sur-Mer
Cidadania França
Progenitores Pai:Émile Servan-Schreiber
Filho(s) Édouard Servan-Schreiber, David Servan-Schreiber
Irmão(s) Jean-Louis Servan-Schreiber, Christiane Collange, Brigitte Gros
Alma mater Escola Politécnica, Lycée Janson de Sailly
Ocupação jornalista, político, escritor
Empregador L'Express

Jean-Jacques Servan-Schreiber, também conhecido como JJSS (Paris, 13 de fevereiro de 1924Fécamp, 7 de novembro de 2006) foi um jornalista, ensaísta, e político francês.[1]

L'ExpressEditar

Em 1953, movido entre outros por idéais anticolonialistas, ele cria com Françoise Giroud o sémanario L'Express[2][3] que ainda existe até hoje[4]. Ele vende a revista pra Jimmy Goldsmith en 1977[5]

  Este artigo é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o. Editor: considere marcar com um esboço mais específico.