Abrir menu principal
Jeff Simmons
Informações pessoais
Nome completo Jeff Simmons
Nacionalidade Estados Unidos Norte-americano
Nascimento 5 de agosto de 1976 (43 anos)
Registros na IndyCar Series
Temporadas 2004, 2006-2008
Equipes 4 (Mo Nunn, Patrick Racing,
Rahal-Letterman e Foyt)
Corridas 26
Títulos 0 (16º em 2006)
Vitórias 0
Pódios 0
Pontos 454
Pole positions 0
Primeira corrida Estados Unidos Indy 500 de 2004
Última corrida Estados Unidos Indy 500 de 2008

Jeff Simmons (Hartford, 5 de agosto de 1976) é um piloto de automobilismo norte-americano[1].

CarreiraEditar

Simmons iniciou sua carreira automobilística em 1998, correndo na Barber Dodge Pro Series. Na sua primeira temporada, sagrou-se campeão e também levou o título de rookie do ano, mas isso foi insuficiente para sua ascensão para a Indy Lights em 1999, retornando à Dodge Barber no mesmo ano.

Entraria na Lights em 2000, correndo pela equipe Green (hoje, Andretti Autosport), emplacou três pódios.

Sua volta à categoria foi em 2003, quando conseguiu seis pódios (um terceiro, dois segundos e três vitórias) e fechou a temporada como vice-campeão. A temporada seguinte não foi tão boa para Simmons, que teve dois segundos lugares como melhor resultado no ano.

Simmons voltaria a se destacar em 2005, ficando novamente com o vice, apesar de ter vencido quatro provas. As últimas temporadas do piloto na Indy Pro Series foram irregulares, tendo terminado abaixo do décimo lugar (12º em 2006, 13º em 2008 e 34º em 2010).

IRLEditar

 
Simmons tentando a classificação para a Indy 500 de 2008, pela Foyt.

Estreou na IRL nas 500 Milhas de Indianápolis de 2004, terminando em décimo-sexto. Com a aposentadoria do veterano Al Unser, Jr. como piloto regular da categoria, Simmons foi o escolhido para ocupar sua vaga. No entanto, o nativo de Hartford acabaria fora dos planos da Patrick Racing para 2005.

Retornaria em 2006, pela equipe Rahal-Letterman, sucedendo Paul Dana, morto durante os treinos do GP de Homestead. Em duas temporadas, não conseguiu mais do que um sexto lugar no GP do Texas. Seu mau desempenho levou a Rahal-Letterman a demitir Simmons depois do GP de Nashville, dando lugar a Ryan Hunter-Reay. Em 2008, Simmons voltaria à IRL (já reunificada e novamente denominada IndyCar), somente para tentar a classificação para a Indy 500 do mesmo ano, e sua participação na prova durou 112 voltas em decorrência de uma batida.

Referências

  1. Superspeedway (20 de fevereiro de 2012). «Perfil de Jeff Simmons» 

Ligações externasEditar

  Este artigo sobre uma pessoa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.