Abrir menu principal

Jerzy Kuryłowicz (1895-1978) foi um linguista indo-europeísta polonês. Foi irmão de Włodzimierz Kuryłowicz, e seu filho também levou o nome de Jerzy Kuryłowicz.

Índice

VidaEditar

Nasceu no dia 26 de agosto de 1895, na cidade de Stanisławów, Áustria-Hungria (hoje, cidade de Ivano-Frankivsk, Ucrânia), e é considerado o linguista histórico, estruturalista e teórico da linguagem polonês contemporâneo mais proeminente, profundamente interessado nos estudos das línguas indo-europeias. Ele estudou em Viena, em Die Hochschule fur Welthandel (1913-1914), e então, depois da Primeira Guerra Mundial, continuou os estudos na Universidade de Lviv, onde suas habilidades linguísticas incomuns chamaram a atenção de alguns linguistas proeminentes. Como resultado, a ele foram garantidos os estudos em Paris. Isso deu a ele uma oportunidade de se qualificar como professor universitário de línguas indo-europeias, logo depois de seu retorno à Polônia. Depois de obter o título, ele se tornou um professor na Universidade de Lviv. Mais tarde, entre 1946-48, Kuryłowicz escreveu para o Dr. Julian Krzyżanowski, do Instituto de Filologia Inglesa, em Wrocław. Finalmente, ele se moveu para Cracóvia, onde ele ocupou a cadeira de Linguística Geral na Universidade Jaguelônica. Ele se aposentou em 1965. Kuryłowicz foi um membro da Academia Polonesa de Aprendizagem e da Academia Polonesa de Ciências. Ele morreu aos 83 anos de idade, em 28 de Janeiro de 1978, em Cracóvia.

Leis de KuryłowiczEditar

1. Uma marcação complexa substituirá uma marcação simples. Ex.:

Alto-alemão antigo Alto-alemão médio Alto-alemão moderno Português
Gast Gast Gast hóspede
Gasti Gesti Gäste hóspedes
Boum Boum Baum árvore
Bouma Bouma Bäume árvores

A dupla-marcação, umlaut, é mais complexa do que simplesmente o acréscimo do morfema flexional de plural. O umlaut, assim, substituiu, na língua moderna, a outra forma, que estava presente no alto-alemão médio.

PublicaçõesEditar

  • Kuryłowicz, J., 1936. “Derivation lexicale et derivation syntaxique”. In Kuryłowicz, J., 1960, 41–50.
  • Kuryłowicz, J., 1938. “Struktura morfemu”. In Kuryłowicz, J., 51–65.
  • Kuryłowicz, J., 1949a. “La nature des proces dits ‘analogiques’”. Acta Linguistica 5: 121–38.
  • Kuryłowicz, J., 1949b. “La notion de l’isomorphisme”. In Kuryłowicz, J., 1960, 16–26.
  • Kuryłowicz, J., 1949c. “Le probleme du classement des cas”. In Kuryłowicz, J., 1960, 131–154.
  • Kuryłowicz, J., 1956. Apophony in Indo-European.
  • Kuryłowcz, J., 1960. Esquisses linguistiques. Wrocław – Kraków, Polska Akademia Nauk.
  • Kuryłowicz, J., 1964. The Inflectional Categories of Indo-European. Heidelberg, Carl Winter.

ReferênciasEditar

  • Fisiak, J., 1975. Wstęp do współczesnych teorii lingwistycznych. Wydawnictwa Szkolne i Pedagogiczne. Warszawa.