Abrir menu principal
Disambig grey.svg Nota: Este artigo é sobre o capítulo da Bíblia. Para o papa de mesmo nome, veja João XX.
Noli me tangere, a aparição de Jesus a Maria Madalena depois da ressurreição, é um evento que só aparece em João.
1835. Por Alexander Andreyevich Ivanov, atualmente em localização desconhecida.

João 20 é o vigésimo capítulo do Evangelho de João no Novo Testamento da Bíblia. Ele relata a história da ressurreição de Jesus e de suas aparições posteriores. Logo no início, João conta que Maria Madalena foi ao túmulo de Jesus e o encontrou vazio. Jesus aparece para ela, conta que ressuscitou e pede que ela conte aos seus discípulos. Logo depois, ele próprio aparece para eles. Este capítulo é, aparentemente, a conclusão do Evangelho de João, mas é seguido por um outro capítulo que a maior parte dos estudiosos modernos acredita ser uma adição posterior.[1] Os eventos relatados são descritos de forma algo diferente em Mateus 28, Marcos 16 e Lucas 24.

Índice

AnáliseEditar

Este capítulo está dividido em três seções bem distintas. João 20:1-18 descreve os eventos no túmulo vazio de Jesus e sua aparição para Maria Madalena, um episódio conhecido como Noli me tangere ("Não me toques"). João 20:19-29 conta sobre as aparições de Jesus aos seus discípulos, inclusive o famoso episódio da Dúvida de Tomé.

Finalmente, os dois últimos versículos (João 20:30-31) tratam do autor do Evangelho de João e o motivo pelo qual ele o escreveu:

«Jesus fez na presença dos discípulos muitos outros sinais, que não estão escritos neste livro; estes, porém, estão escritos para que creiais que Jesus é o Cristo, o Filho de Deus, e para que, crendo, tenhais vida em seu nome.» (João 20:30-31)

Alguns autores subdividem a primeira seção em dois episódios: o encontro do túmulo vazio por Pedro e o "discípulo amado" e a aparição de Jesus à Maria.

Há diversas inconsistências neste capítulo, internas em seu próprio relato e externas na comparação com o relato dos evangelhos sinóticos. Brown propôs a tese de que ele seria o resultado da fusão de duas fontes diferentes. Uma conteria originalmente os versículos 1 e 11 a 18, descrevendo a visita de Maria Madalena ao túmulo. Esta informação só aparece em João. Outra traria os versos 3 a 10 e de 19 até o final, lidando com os discípulos e muito mais parecida com o relato dos sinóticos. Para os que duvidam que o "discípulo amado" foi o autor de João, esta porção é nada mais que o relato dos sinóticos reescrito para que pareça um testemunho ocular. A porção sobre Maria Madalena, por outro lado, só pode ter se baseado em fontes que apenas João teve acesso.

Dodd afirma que a crucificação é o clímax da estrutura narrativa de João e argumenta que este capítulo foi escrito como o dénouement e conclusão. Alguns estudiosos argumentam que João 21 parece deslocado e que João 20 seria o capítulo final original da obra.[2]

ManuscritosEditar

Ver tambémEditar


Precedido por:
João 19
Capítulos da Bíblia
Evangelho de João
Sucedido por:
João 21

Referências

  1. Ehrman, Bart (13 de fevereiro de 2012). Debate "Is the Original New Testament Lost?" (from around 23:40). [S.l.]: The Ehrman Project 
  2. Paul Minear, Journal of Biblical Literature 102, 85-98.

BibliografiaEditar

  • Barrett, C.K. The Gospel According to John, 2nd Edition. London:SPCK, 1978.
  • Brown, Raymond E. "The Gospel According to John: XIII-XXI" The Anchor Bible Series Volume 29A New York: Doubleday & Company, 1970.
  • Bruce, F.F. The Gospel According to John. Grand Rapids: William B. Eerdmans Publishing Company, 1983.
  • Leonard, W. "St. John." A Catholic Commentary on the Bible. D.B. Orchard ed. New York: Thomas Nelson & Sons, 1953.
  • Rudolf Schnackenberg. The Gospel According to St. John: Volume III. Crossroad, 1990.
  • Westcott, B.F The Gospel of St. John. London: John Murray, 1889.
  • Brown, Raymond E. An Introduction to the New Testament Doubleday 1997 ISBN 0-385-24767-2

Ligações externasEditar