Abrir menu principal
João Jacques Floriano Álvares
Nascimento 1819
Morte 1885 (66 anos)
Cidadania Portugal
Ocupação médico
Prêmios Cavaleiro da Ordem da Torre e Espada

João Jacques Floriano Álvares CvTE (Goa, Goa Sul, Salcete, Margão, 1819 - Macau, São Lourenço, 13 de Maio de 1885) foi um médico português.

Índice

FamíliaEditar

Filho de Gregório Caetano Francisco Álvares (Goa, Goa Sul, Salcete, Margão - ?), Médico (Carta de 18 de Setembro de 1813), e de sua mulher Ana Rita Colaço, descendente directa por varonia de Anta Poi, Brâmane Gaud Saraswat do século XVI, ambos Goeses católicos.[1]

BiografiaEditar

Médico pela Escola Médico-Cirúrgica de Goa (Carta de 11 de Junho de 1849),[2] Físico da Guarda Policial de Macau e Cirurgião-Ajudante[3][4] e depois Cirurgião-Mor do Batalhão Nacional de Macau (1872).[1][5]

CondecoraçãoEditar

Foi condecorado com o grau de Cavaleiro da Ordem Militar da Torre e Espada, do Valor, Lealdade e Mérito pelos serviços prestados durante a epidemia de cólera em Macau em 1889.[1][2][6]

Casamento e descendênciaEditar

Casou em Macau, , a 7 de Junho de 1853 com Ana Maria Brandão Gomes (1833 - Macau, São Lourenço, 11 de Maio de 1912)[7], uma macaense com linhagem goesa, de quem teve doze filhos e filhas. É avô materno de Flávio José Álvares dos Santos.[8]

Referências

  1. a b c "Famílias Macaenses", Jorge Eduardo de Abreu Pamplona Forjaz, Fundação Oriente, 1.ª Edição, 1996, Volume I A-F, p. 153
  2. a b Macstudies.net https://web.archive.org/web/20130206050843/http://www.macstudies.net/2012/11/28/alvares-and-barretto-part-ii/#. Arquivado do original em 6 de fevereiro de 2013  Em falta ou vazio |título= (ajuda)
  3. Books.google.pt http://books.google.pt/books?id=WYgfAAAAYAAJ&pg=PA108&lpg=PA108&dq=%22Jo%C3%A3o+Jacques+Floriano+%C3%81lvares%22&source=bl&ots=7pErIpvxl1&sig=5DgeZjo55UvaVtW-FYpDQ_ykUZQ&hl=pt-PT&sa=X&ei=qnjHUI38OsLcqwGp84H4Dg&ved=0CD0Q6AEwBA#v=onepage&q=%22Jo%C3%A3o%20Jacques%20Floriano%20%C3%81lvares%22&f=false  Em falta ou vazio |título= (ajuda)
  4. Books.google.pt http://books.google.pt/books?id=hLQwAQAAMAAJ&pg=PA502&lpg=PA502&dq=%22Jo%C3%A3o+Jacques+Floriano+%C3%81lvares%22&source=bl&ots=p_PshyLvS_&sig=6ATB7rbA4rLSvZps7Ltdwk5uxS8&hl=pt-PT&sa=X&ei=qnjHUI38OsLcqwGp84H4Dg&ved=0CD8Q6AEwBQ#v=onepage&q=%22Jo%C3%A3o%20Jacques%20Floriano%20%C3%81lvares%22&f=false  Em falta ou vazio |título= (ajuda)
  5. Macaudata.com http://www.macaudata.com/upload_files/book/1054/p-996.html  Em falta ou vazio |título= (ajuda)
  6. "A Medicina em Macau", Padre Manuel Teixeira, Vol. 3, p. 199
  7. O "Boletim Eclesiástico da Diocese de Macau", Setembro/Outubro de 1912, pp. 63-64, publicou, por ocasião da sua morte, uma desenvolvida notícia necrológica, de que se destaca: "Dedicada em extremo à Igreja, consagrou-lhe um filho padre e uma filha religiosa, e dos outros fez bons cristãos. / Não contente com isso, aplicava uma boa parte das suas economias, que como modelar administradora da sua casa sabia fazer, aos esplendores do culto cristão e ao embelezamento das igrejas desta cidade. / A quasi todas elas deixou vinculado o seu nome em boas alfaias, lindas imagens, importantes donativos em dinheiro e nas brilhantes festas para as quais por mais de um modo era sempre pronta a concorrer. / Os pobres e os institutos de beneficencia e piedade tambem experimentavam o generoso influxo da sua caridade, sempre solicita em socorre-los com a cooperação dos seus serviços pessoais ou com o valioso auxílio da sua inesgotável munificência."
  8. "Famílias Macaenses", Jorge Eduardo de Abreu Pamplona Forjaz, Fundação Oriente, 1.ª Edição, 1996, Volume I A-F, p. 153 e Volume II G-P, p. 29 e 30