Abrir menu principal
João Leonir Dall'Alba
Monumento em homenagem a João Leonir Dall'Alba em Orleans
Nascimento 2 de fevereiro de 1938
Caxias do Sul
Morte 12 de junho de 2006 (68 anos)
Caxias do Sul
Nacionalidade  Brasileiro
Progenitores Mãe: Lúcia Ballardin
Pai: Corino Dall'Alba

João Leonir Dall'Alba (Caxias do Sul, 2 de fevereiro de 1938 — Caxias do Sul, 12 de junho de 2006) foi um escritor, historiador e sacerdote pertencente à Congregação de São José - Josefinos de Murialdo.[1]

Índice

VidaEditar

Filho de Corino Dall'Alba e de Lúcia Ballardin. Foi ordenado sacerdote em 1966, na cidade de Viterbo, Itália. Foi fundador e presidente da Fundação Educacional Barriga Verde (Febave), do Museu Conde d'Eu e do Museu ao Ar Livre, todos em Orleans. No ocaso de sua vida estabeleceu residência em Ana Rech. Em 30 de agosto de 2015 foi inaugurada uma estátua em sua memória na cidade de Orleans.[2]

Em 1987 foi admitido como Sócio Efetivo do Instituto Histórico e Geográfico de Santa Catarina (IHGSC), "historiador (de Orleans) que se revelou dedicado e profundo pesquisador da história do sul do estado e que criou o Museu de Imigração naquela cidade".[3]

PublicaçõesEditar

  • Pioneiros nas Terras dos Condes. História de Orleans I, 1971. Segunda edição 2003. "Primeira publicação do historiador, sobre a colonização do sul de Santa Catarina, com apresentação de Walter Piazza. Relata a historiografia da região do Vale do Braço do Norte, da Colônia Grão Pará e de Orleans, tendo como base inicial um maço de correspondências da Empresa de Colonização, do ano de 1883. Na sequência de garimpagem encontrou nos porões da Empresa três caixões de manuscritos, os quais passou dois meses lendo e separando".
  • O Vale do Braço do Norte. Orleans : Edição do autor, 1973. "Em sequência a seu primeiro livro, Dall'Alba voltou-se agora à colonização do Vale do Braço do Norte, com base nos documentos encontrados nos três caixões relacionados a seu primeiro livro. Na parte inicial do livro sua fonte principal de informação são os relatórios do agrimensor Carlos Othon Schlappal ao presidente da província e seu diário". A parte complementar do livro é baseada em diversas entrevistas com antigos moradores e descendentes dos pioneiros.
  • Laguna antes de 1880: Documentário. Florianópolis : Lunardelli, 1976. "Tendo encontrado diversos ducumentos referêntes especificamente a Laguna durante suas escavações nos dois livros anteriores, aconselhado por historiadores lagunenses publicou este seu livro".
  • Imigração Italiana em Santa Catarina. Documentário. Caxias do Sul : Editora da Universidade de Caxias do Sul, 1983.
  • Colonos e Mineiros no Grande Orleans, 1986.
  • O Tesouro do Morro da Igreja, 1994.
  • Histórias do Grande Araranguá. Araranguá : Gráfica Orion Editora, 1997.
  • São Ludgero para o Brasil: Memórias do Pe. José Pedro Kunz. Orleans : Febave, 2005.
  • Cem Anos de Dall'Alba no Brasil . História da própria família.
  • Tradução: Marzano, Luigi. Colonos e Missionários Italianos nas Florestas do Brasil. Florianópolis: Edufsc, 1985.

Referências

  1. Pe. João Leonir Dall’Alba
  2. Estátua do padre João Leonir Dall'Alba será inaugurada neste domingo
  3. Paschoal Apóstolo Pítsica. Palavras e Registros: Vultos e fatos catarinenses de ontem e hoje. Florianópolis: Academia Catarinense de Letras, 1993, página 271.

BibliografiaEditar

  • Rampineli, Edina Furlan, Deixe que eu te cante este cantar, Padre João Leonir Dall'Alba. Orleans: Fundação Educacional Barriga Verde, 2013. ISBN: 978-85-67456-01-0
  Este artigo sobre História ou um(a) historiador(a) é um esboço relacionado ao Projeto História. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.