Abrir menu principal
João Moniz Barreto do Couto
Nascimento 1800
Angra do Heroísmo
Morte 2 de março de 1870 (70 anos)
Cidadania Portugal
Ocupação militar
Prêmios Cavaleiro da Ordem de Nossa Senhora da Conceição de Vila Viçosa

João Moniz Barreto do Couto CvTECvACvNSC (Angra do Heroísmo, 18002 de Março de 1870) foi um militar português.

BiografiaEditar

Principiou a sua carreira militar como cadete, prestando serviço no exército português, no Regimento de Guarnição nº 1, aquartelado na Fortaleza de São João Baptista, no Monte Brasil, junto à cidade de Angra do Heroísmo. Em 13 de Setembro de 1828, foi nomeado porta-bandeira do batalhão de artilharia de Angra do Heroísmo, e elevado ao posto de 2.º tenente.

Comandou a artilha do Forte de Santo António (Praia da Vitória), na Vila da Praia da Vitória, na Batalha de 11 de Agosto de 1829.

Fez parte da expedição libertadora dos Açores e acompanhando o Exército Libertador combateu em toda a campanha. Foi major da praça do castelo de São João Baptista de Angra do Heroísmo, sendo elevado ao posto de Tenente-Coronel em 19 de Dezembro de 1848, ao de coronel em 29 de Abril de 1851, ao de brigadeiro graduado em 29 de Setembro de 1852, reformando-se depois em marechal de campo.

Cavaleiro da Ordem Militar da Torre e Espada, do Valor, Lealdade e Mérito, da Ordem de Nossa Senhora da Conceição de Vila Viçosa e da Ordem Militar de Avis.

Foi filho de Bernardo Moniz Barreto do Couto, fidalgo escudeiro da casa real, e de D. Maria do Carmo Pacheco de Lima e Lacerda Moniz Barreto do Couto.

Referências

  • Alfredo Luís Campos, Memória da Visita Régia à Ilha Terceira. Imprensa Municipal, Angra do Heroísmo, 1903.