Joaquim Lobo

Joaquim Proença Lobo (Lisboa, 22 de Abril de 1944 - Lisboa, 4 de Julho de 2011) foi um fotojornalista português.

Joaquim Lobo
Nascimento 22 de Abril de 1944
Lisboa
Morte 4 de Julho de 2011 (67 anos)
Lisboa
Nacionalidade Portugal portuguesa
Ocupação Fotojornalista

Em mais de 50 anos de carreira, passou por diversas redacções (Diário da Manhã, revista Flama e A Capital) e foi um dos fundadores do grupo editorial Projornal que publicou jornais como O Jornal, Se7e e O Bisnau, entre outros.[1]

Foi um dos únicos fotojornalistas a registrar a proclamação da independência de Angola em 1975. Em 2011 as fotografias foram mostradas no âmbito da exposição Os dias da independência – Angola 1975 no Arquivo Municipal de Lisboa.[2]

Referências

Ligações externasEditar

  Este artigo sobre uma pessoa é um esboço relacionado ao Projeto Biografias. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.