Abrir menu principal

José Ribas Cadaval

José Ribas Cadaval
Nascimento 22 de abril de 1863
Morte 29 de julho de 1920 (57 anos)
Ocupação médico

José Ribas Cadaval (Rio Grande do Sul, 22 de abril de 1863 – Rio Grande do Sul, 29 de julho de 1920) foi um médico e inventor brasileiro.

Dentre os seus trabalhos estão a Acrenina, o Cruzador aéreo Hermes e o Aerostoplano. Deixou inéditos os manuscritos: Manual prático para o enfermeiro naval (1897); Tratado de técnica de bacteriologia (1899); As últimas descobertas da serumtherapia (1899); Tratado de Higiene Naval Militar (1908) e Peixes e pescas do Brasil (1913).

PublicaçõesEditar

  • Da alimentação nas primeiras idades (1885)
  • Reorganização e regulamentação do Corpo de Saúde Naval (1907);
  • Notícia explicativa sobre o cruzador aéreo Hermes (1908);
  • Notícia explicativa sobre o método intuitivo Cadaval para ensinar crianças e, com mais vantagens, adultos, a ler, escrever, e contar em sessenta lições (1908);
  • Notícia sobre o cromo-dinamisador solar Alexandrino de Alencar (1908);
  • Notícias sobre o tratado de higiene militar brasileira para uso do exército patrício e do vade-mecum do soldado (1908);
  • Navegação Aérea (1911), o primeiro tratado de aeronáutica escrito por um brasileiro.

Ligações externasEditar

  Este artigo sobre um(a) cientista é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.