Abrir menu principal

José de Resende Costa

José de Resende Costa
Nascimento 1730
Prados
Morte 1798 (68 anos)
Cacheu
Residência Fazenda dos Campos Gerais, Arraial da Lage, Minas Gerais
Nacionalidade Português
Ocupação Fazendeiro e Militar

José de Resende Costa (Prados, 1730[1] - Cacheu, 1798[2]) foi um militar brasileiro que tomou parte na Inconfidência Mineira[3]. Ocupou o posto de capitão do Regimento de Cavalaria Auxiliar da vila de São José del Rei.

VidaEditar

 
Casa do Inconfidente José de Resende Costa, em Resende Costa, Minas Gerais.

Era filho da ilhoa Helena Maria de Jesus e João de Resende Costa[1]. Sua participação na Inconfidência Mineira não terá sido efetiva, pois esteve limitada apenas ao consentimento[4]. Seu envolvimento no levante lhe rendeu o degredo para a África e o confisco de parte dos seus bens.[5]

O coronel teve um filho homônimo, quem também teve certa ligação com a conjuração.[5] Em 1911, o povoado da Lage, onde ele constituiu seus bens, recebeu o nome de Resende Costa em homenagem a ambos[6]. Faleceu no ano de 1798 na cidade de Cacheu, sendo sepultado ao lado da Igreja de Nossa Senhora da Natividade[2].

Repatriamento dos restos mortais e reconstituição facialEditar

Na década de 1930 140 fragmentos do crânio do inconfidente foram localizados[7] na Guiné-Bissau, trazidos para o Brasil e acondicionados no arquivo do Itamaraty. Uma tomografia computadorizada realizada na Universidade de Londres reconstituiu a feição de Resende Costa, onde foi obtida uma imagem que lembra um dos seus trinetos.[7]

Referências

  1. a b «João de Resende Costa - Descendência». Projeto Compartilhar. Consultado em 1º de maio de 2015 
  2. a b «Retorno das ossadas dos inconfidentes mineiros a Ouro Preto contou com atuação do MPE». Ministério Público do Estado de Minas Gerais. Consultado em 1º de maio de 2015 
  3. Autos de Devassa da Inconfidência Mineira. Belo Horizonte: Imprensa Oficial do Estado de Minas Gerais. 2015. Consultado em 1º de maio de 2015 
  4. João Pinto Furtado (2002). O manto de Penélope: História, mito e memória da Inconfidência Mineira de 1788-9. São Paulo: Companhia das Letras. ISBN 978-85-3590-263-1 
  5. a b José Oiliam (1985). Tiradentes. Belo Horizonte: Itatiaia. ISBN 8531905710 
  6. «Resende Costa - Histórico» (PDF). IBGE. Consultado em 1º de maio de 2015 
  7. a b «Cientistas identificam ossos de três inconfidentes mineiros». Veja. Consultado em 1º de maio de 2015 
  Este artigo sobre uma pessoa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.