Abrir menu principal
Juan Tomás de Boxadors y Sureda de San Martín, O.P.
Cardeal da Igreja Católica
Mestre-geral da Ordem dos Pregadores
Atividade Eclesiástica
Ordem Ordem dos Pregadores
Diocese Diocese de Roma
Nomeação 1 de julho de 1756
Predecessor Frei Antonin Bremond
Sucessor Frei Baltasar de Quiñones
Mandato 1756 - 1777
Ordenação e nomeação
Cardinalato
Criação 13 de novembro de 1775
por Papa Pio VI
Ordem Cardeal-presbítero
Título São Sisto
Dados pessoais
Nascimento Barcelona
3 de abril de 1703
Morte Roma
16 de dezembro de 1780 (77 anos)
Nacionalidade espanhol
dados em catholic-hierarchy.org
Cardeais
Categoria:Hierarquia católica
Projeto Catolicismo

Juan Tomás de Boxadors y Sureda de San Martín (Barcelona, 3 de Abril de 1703 - Roma, 16 de Dezembro de 1780) foi um religioso da Espanha. De família aristocrática e nobre, relacionada com a Casa de Áustria, o seu pai foi Juan Antonio de Boxadors y de Pinós (conde de Savallá y Peralada).

Na sua juventude serviu em navios da marinha austríaca e em 1729 entrou na Academia De Letras de Barcelona. Entrou na Ordem dos Pregadores em 1734, eleito provincial de Espanha em 1746 e Mestre Geral em 1756.

Tomista, escreveu um ensaio com o título De renovanda et defendenda doctrina sancti Thomae (1757) que teve larga difusão e impacto nos estudos dominicanos. Escreveu ainda um livro de poesia em língua catalã Soliloqui com base em técnicas barrocas.

Nomeado Cardeal no consistório de 13 de Novembro de 1775 por Pio VI, obteve uma dispensa para se manter como Mestre Geral, sendo apenas substituído em tais funções em 1777. Faleceu em Roma, a 16 de Dezembro de 1780.