Jumping the Broom

filme de 2011 dirigido por Salim Akil
Jumping the Broom
Confronto de Famílias (PRT)
Pulando a Vassoura (BRA)
 Estados Unidos
2011 •  cor •  112 min 
Direção Salim Akil
Produção Tracey E. Edmonds
Elizabeth Hunter
T.D. Jakes
Glendon Palmer
Curtis Wallace
Roteiro Arlene Gibbs
Elizabeth Hunter
Elenco Angela Bassett
Paula Patton
Laz Alonso
Loretta Devine
Mike Epps
Gênero comédia romântica
drama
Música Edward Shearmur
Cinematografia Anastas N. Michos
Edição Terilyn A. Shropshire
Distribuição TriStar Pictures
Lançamento Estados Unidos 6 de maio de 2011
Brasil 13 de julho de 2011
Idioma inglês
Orçamento $6.6 milhões[1]
Receita $37,710,610[2]
Página no IMDb (em inglês)

Jumping the Broom (Brasil: Pulando a Vassoura /Portugal: Confronto de Famílias) é um filme de comédia romântica e dramática norte-americano dirigido por Salim Akil. Lançado em 2011, foi protagonizado por Angela Bassett, Paula Patton, Laz Alonso, Loretta Devine e Mike Epps.[3]

SinopseEditar

Sabrina (Paula Patton) e Jason Taylor (Laz Alonso) se conheceram recentemente por razão do destino, e logo se apaixonaram. Ele vem de uma família humilde, da qual não tem frescura e ela é de uma classe social mais alta. Mas as mães, senhora Watson (Angela Bassett) e a senhora Taylor (Loretta Devine) não são capazes de estragar o relacionamento e o casamento deles. O casamento vai reunir as duas famílias "bem" diferentes num local pra lá de privilegiado. Agora, nessa festa haverá muita confusão.

ElencoEditar

RecepçãoEditar

CríticaEditar

O filme recebeu críticas mistas ou médias, ganhando uma pontuação de 56% positivo no Metacritic.[4] comentários positivos incluem Kevin Thomas do The Los Angeles Times, que disse que o filme "... é a prova de que ainda é possível para um grande lançamento de estúdio para ser divertido, inteligente e coração-puxando e desprovida de violência numbskull e igualmente entorpecente efeitos especiais."[5] Roger Ebert do Chicago Sun-Times disse que," ... o elenco é grande, bem escolhidos e desviando".[6]

Comentários negativos incluem Stephanie Feliz do The Washington Post , que criticou os caracteres das mães dizendo: "Quaisquer momentos de luz são rapidamente anuladas pelas mulheres opressivas que disputam o título de mãe mais malvada do mundo." John Anderson da Variety também comentou sobre a "tom desagradável" do filme.[7]

ProduçãoEditar

O filme foi filmado em Blue Rocks, na Nova Escócia; e em Martha's Vineyard, para os cenários do filme.[8]TriStar Pictures distribuiu o filme nos Estados Unidos em 6 de Maio de 2011.[9]

MídiaEditar

Foi lançado em DVD e blu-ray em 9 de agosto de 2011.

Prêmios e indicações Editar

Referências

  1. Kaufman, Amy (5 de maio de 2011). «Movie Projector: 'Thor' to hammer competition at the box office». Los Angeles Times. Tribune Company. Consultado em 5 de maio de 2011 
  2. http://www.boxofficemojo.com/movies/?id=jumpingthebroom.htm
  3. AdoroCinema. Pulando a Vassoura. Visitado em 25 de setembro de 2015.
  4. «Jumping the Broom». Metacritic. Consultado em 19 de abril de 2016 
  5. Thomas, Kevin (6 de maio de 2011). «Movie review: 'Jumping the Broom'». Los Angeles Times (em inglês). ISSN 0458-3035 
  6. «Jumping the Broom Movie Review (2011) | Roger Ebert». rogerebert.suntimes.com. Consultado em 19 de abril de 2016 
  7. «Review: 'Jumping the Broom'». Variety. Consultado em 19 de abril de 2016 
  8. «Local Feature Film Jumping the Broom Hits Theatres | novascotia.ca». novascotia.ca. Consultado em 19 de abril de 2016 
  9. «May 11, 2011 Archives». Martha's Vineyard Times. Consultado em 19 de abril de 2016. Arquivado do original em 16 de fevereiro de 2013 
  10. «The Black Reel Awards». The Black Reel Awards. Consultado em 19 de abril de 2016 
  11. «2012, 43rd NAACP Image Awards Nominations Announced». Unlimited Whispers. Consultado em 19 de abril de 2016