Jungle Fight 90

Jungle Fight 90
Detalhes
Promoção Jungle Fight
Data 02016-09-03 3 de setembro de 2016
Local Ginásio do Ibirapuera
Cidade Brasil São Paulo, São Paulo
Cronologia
Jungle Fight 89 Jungle Fight 90 Jungle Fight 91

Jungle Fight 90 foi um evento de artes marciais mistas promovido pelo Jungle Fight, que ocorreu em 02016-09-03 3 de setembro de 2016, em São Paulo, São Paulo[1]. Paulo Borrachinha venceu Adriano Balby neste sábado, na comemoração dos 13 anos do maior evento de MMA da América Latina – o Jungle Fight 90, em São Paulo, e manteve o cinturão peso-médio em Minas Gerais. Foi a terceira defesa com sucesso do campeão, que agora coleciona sete vitórias em sete lutas na carreira – todas no primeiro round[2]. A disputa pelo cinturão vago dos pesados não durou muito tempo. Com menos de um minuto do primeiro round, João Almeida, da Corinthians MMA, encaixou um cruzado inapelável que levou Henrique Montanha ao chão. O atleta da BH Rinos ainda tentou se recuperar, mas, ao levantar, encontrou mais um golpe duríssimo de João. Desta vez não teve jeito. Quinta vitória na carreira e cinturão para o paulistano João Almeida. É o segundo título da Corinthians MMA, que já tem Bruno Cappelozza no topo da divisão dos meio-pesados da organização[3].


ResultadosEditar

Card Principal
Categoria Método Round Tempo Nota
Peso Médio   Paulo Costa derrotou   Adriano Balby Nocaute (socos) 1 3:25 permaneceu campeão dos Médios do Jungle Fight
Peso Pesado   João Almeida derrotou   Henrique “Montanha” Lopes Nocaute Técnico (socos) 1 0:52 novo campeão dos Pesados do Jungle Fight
Peso Palha   Gilberto “Cangaceiro” Dias derrotou   Fábio “Gigante” Dourado Decisão (unânime) 3 5:00 27-30 27-30 26-30 novo campeão dos Palhas do Jungle Fight
Peso Leve   Alex Sandro “Canguru” Alves derrotou   Carlos “Chicho” Irigoitia Nocaute Técnico (chute na cintura e socos) 1 3:06
Peso Meio Pesado   Klidson Abreu derrotou   Leonardo “Cabeção” de Oliveira Nocaute Técnico (interrupção médica) 3 1:58
Peso Mosca   Deiveson “Daico” Figueiredo derrotou   Denis “Três Dedos” Fontes Nocaute (socos) 2 2:56
Peso Galo   Israel Ottoni derrotou   Gabriel “D2” Ramos Finalização (mata-leão) 1 3:17
Palhas Feminino   Viviane “Vivi” Araújo derrotou   Elaine “Pantera” Cris Finalização (chave de braço) 3 2:38
Peso Médio   Bruno “Brunão” Assis derrotou   Charles “Maicon” Souza Finalização (chave de braço) 1 1:15
Peso Pena   Luiz “Toninho Marajó” Gavinho derrotou   Alisson Barbosa Nocaute (socos) 3 2:35
Peso Galo   Israel “Falkinho” Lima derrotou   Ariston França Finalização (chave de pé) 1 1:00
Peso Galo   Eduardo “Máquina da dor” Silva derrotou   Elifrank “Lex Luthor” Cariolano Nocaute Técnico (socos) 2 2:51
Peso Pena   Nivanilson “Chapolin” Gonzaga derrotou   Ozias “Bull Terrier” Júnior Finalização (guilhotina) 1 4:40
Card Social Furnas
Peso Pena   William “Gralha” Alves derrotou   Josema “Jorge Kanella” da Paz Decisão (unânime) 3 5:00 29-28 29-28 30-27
Peso Mosca   Rafael Costa derrotou   Adriano Ramos Finalização (triângulo de mão invertido) 1 2:18
Peso Mosca   Thiago Taveira derrotou   Alisson Paes Nocaute (socos) 1 0:11
Peso Galo Feminino   Norma Dumont Viana derrotou   Tainara “Killer Doll” Lisboa Finalização (mata-leão) 1 2:58
Peso Meio Médio   Paulistênio Rocha derrotou   Alberto Silva Nocaute Técnico (interrupção médica) 3 2:55
Peso Leve   João Paulo “Roy” Silva derrotou   João Paulo “Fortaleza” Almeida Finalização (triângulo) 1 2:25

ReferênciasEditar

Ligações ExternasEditar