Abrir menu principal
Japão Kochi

高知市 (Kōchi-shi)

 
Kochi montage.jpg
País  Japão
Área
- Total 309,22 km²
População (2011)
 - Total 340 515
    • Densidade 1 100 hab./km²
Website http://www.city.kochi.kochi.jp/

Kochi (高知市 Kōchi-shi) é uma cidade japonesa localizada na província de Kochi.

Em 2011 a cidade tinha uma população estimada em 340 515 habitantes e uma densidade populacional de 1 100 h/km². Tem uma área total de 309,22 km².

Recebeu o estatuto de cidade em 1 de Abril de 1889.

O prato típico da cidade é o tataki (カツオたたき?), um pedaço de Atum-bonito levemente grelhado.[1]

GeografiaEditar

A área de Kochi tem três distintas regiões geográficas. A maior parte da cidade está à beira da Baía de Urado, em uma estreita planície aluvial cortada por vários rios, sendo os mais famosos os de Kagamigawa e Kokubugawa. A planície é cercada por montanhas ao norte e e uma série de colinas ao sul e ao oeste.

As montanhas ao norte formam a parte menos densamente populosa da cidade, somente sendo habitada ao longo dos estreitos vales dos rios. O ponto mais alto de Kochi é Kuishiyama, com 1176 metros de altura.

Ao sul do centro da cidade, a Baía de Urado corta as colinas e deságua no Oceano Pacífico. O terreno em torno da baía e uma pequena faixa do litoral formam a terceira região da cidade. Essa área, apesar de mais montanhosa e menos densa que a planície, é um dos principais locais de habitação e indústrias ligadas ao porto.

HistóriaEditar

 
O Castelo de Kochi

A planície onde hoje se encontra o centro da cidade foi originalmente estabelecida como uma vila em torno do do castelo (Castelo de Kochi) dos senhores feudais da antiga Província de Tosa. A localização do castelo foi escolhida pelo senhor feudal Yamauchi Kazutoyo, em 1601. A cidade acabou recebendo o mesmo nome que o do castelo. Como centro administrativo do feudo, e da província que a sucedeu, a cidade cresceu rapidamente e se tornou o maior assentamento da região.

Durante a época da Restauração Meiji, Kochi tornou-se famosa como um centro da ideologia pró-imperial, e, mais tarde, pelos movimentos pela democracia e direitos humanos.

O serviço de bonde elétrico começou na cidade em 2 de maio de 1904, e a cidade foi conectada ao rede ferroviária nacional em 12 de novembro de 1951.

Em 1º de abril de 1998, a cidade foi designada como a primeira cidade núcleo (中核市?) de Shikoku.

Em 1 de janeiro de 2005, as vilas de Kagami e Tosayama, ambas do Distrito de Tosa, fundiram-se com a cidade, e, em 1º de janeiro de 2008, a vila de Haruno, do Distrito de Agawa, também se fundiu com a cidade de Kochi.

GovernoEditar

As funções administrativas da cidade de Kochi são geridas por um prefeito eleito e 42 membros da Assembléia local. O atual prefeito, desde 2003, é Seiya Okazaki.

EducaçãoEditar

Em Kochi, há três universidades (Kochi University, Kochi University of Technology e Kochi Women's University) e quatro faculdades de cursos técnicos. A cidade administra diretamente o Colégio Comercial (商業高等学校?) de Kochi, além de outros 15 colégios localizados nos limites da cidade.

EventosEditar

O festival mais famoso de Kochi é o Yosakoi, que ocorre em agosto. Times de dançarinos apresentam-se ao som de músicas tradicionais e modernas em vários lugares ao redor de Kochi. O número total de participantes chega aos milhares.

 
Obiyamachi, no centro de Kochi

TurismoEditar

O Castelo de Kochi ainda conserva sua arquitetura de antes da Restauração Meiji e é uma das principais atrações turísticas. Outros lugares famosos no centro da cidade são: a rua comercial de Obiyamachi (帯屋町?), a feira de rua que acontece todo domingo e que chega a quase um kilômetro de comprimento, e a Harimayabashi (はりまや橋?), uma ponte que é citada em uma famosa canção de Kochi sobre o amor proibido de um monge budista.

A montanha de Godaisan (五台山?) possui um parque público com uma bela vista para a cidade, além de abrigar a parada nº 31 da Peregrinação aos 88 Templos de Shikoku, o templo Chikurin-ji (竹林寺?), bem como o Jardim Botânico de Makino.

 
Harimaya-bashi

Em relação aos museus, destaca-se o Kochi Art Museum, cuja coleção principal é composta de trabalhos expressionistas relacionados a Kochi.

Na boca da Baía de Urado, os resquícios do Castelo de Urado (um assentamento antigo na província) podem ser vistos em Katsurahama (桂浜?), uma famosa praia que abriga um aquário e a estátua do héroi de Kochi, Sakamoto Ryoma. Em suas proximidades localiza-se o Museu Memorial de Sakamoto Ryoma.[2]

TransporteEditar

Bondes históricos estrangeiros em uso corrente (à direita, ex-CCFL 910 e ex-CCFL 533).

O meio de transporte mais usado em Kochi é o serviço de bonde elétrico de empresa 土佐電気鉄道. Nas suas três linhas, que servem os eixos norte-sul e leste-oeste da cidade, circulam, entre outros mais modernos, veículos históricos — muitos provenientes de outras cidades, ostentando a pintura original, alguns com publicidade (incluindo carros oriundos de Lisboa, nomeadamente o ex-CCFL 533, com libré Coca-Cola, e o ex-CCFL 910, recarroçado mas mantendo a libré Pingo Doce).

A cidade possui ainda uma extensa rede de ônibus.

Kochi localiza-se na linha Dosan da JR de Shikoku, que conecta a cidade à região norte de Shikoku, além de, através de baldeações com a linha Tosa Kuroshio, conectar às regiões leste e oeste da província de Kochi. A estação central da JR em Kochi é a Estação de Kochi.

Kochi também é servida por suas rodovias, que conectam a cidade ao sistema rodoviário nacional.

O Aeroporto Ryoma de Kochi, localizado em Nankoku, serve a cidade de Kochi.[3]

Nativos famosos de KochiEditar

  • Nakahama Manjiro (1827 – 1898) foi um dos primeiros japoneses a visitar os Estados Unidos e um importante tradutor durante a Abertura do Japão.
  • Okada Izo (1832 – 1865) foi um samurai do fim do Período Edo, conhecido por ser um dos quatro assassinos mais respeitados do período Bakumatsu.
  • Sakamoto Ryoma (1836 – 1867) foi um líder do movimento para derrubar o Xogunato Tokugawa durante o período Bakumatsu.
  • Itagaki Taisuke (1837 – 1919) foi um político e um líder do Movimento pelos Direitos das Pessoas e da Liberdade, que se tornou no primeiro partido político do Japão.
  • Tsutomu Seki (nasceu em 1930) é um astrônomo que descobriu vários cometas e asteróides.
  • Nobuo Uematsu (nasceu em 1959) é um compositor de músicas para video game, conhecido por criar a maioria das trilhas sonoras dos títulos da série Final Fantasy.
  • Ryoko Hirosue (nasceu em 1980) é uma atriz, mais conhecida no Ocidente por seus papéis no filme Wasabi, de Luc Besson, e em Departures, filme japonês ganhador do prêmio da Academia.
  • Aaron Zagory (nasceu em 1985) é um ex-jogador de futebol americano colegial dos Estados Unidos, e que jogou pela Universidade de Stanford em 2006 e 2008.

Cidades-irmãsEditar

ReferênciasEditar

  1. "Kochi Prefecture English Site", em inglês
  2. "Sakamoto Ryōma Memorial Museum" 財団法人 高知県文化財団 (Cultural Foundation, Kochi Prefecture, Japan) Arquivado em 23 de maio de 2014, no Wayback Machine. em inglês
  3. Erro de citação: Código <ref> inválido; não foi fornecido texto para as refs de nome geokochi
  4. The Twin City Arquivado em 14 de dezembro de 2013, no Wayback Machine. em inglês

Ligações externasEditar