Abrir menu principal
Estado dos Mineradores do Kasai do Sul
Bandera de Kasai del Sur.
Localização do Kasai do Sul no Congo.
Capital Bakwanga
Criação 8 de agosto de 1960
Dissolução 30 de dezembro de 1961

Kasai do Sul foi uma região separatista na região centro-sul da República Democrática do Congo (Leopoldville), durante a década de 1960. A região procurou a independência, em circunstâncias semelhantes ao vizinho, o Estado de Katanga, durante o tumulto político decorrente da descolonização do Congo Belga (Crise do Congo). Conflitos étnicos e tensões políticas entre os líderes do governo central e os líderes locais atormentavam essa região rica em diamantes.

Índice

SecessãoEditar

Em 14 de junho de 1960, poucos dias antes da colônia se declarar independente, alguns militares declararam a independência do Kasai (não do Congo) e proclamaram o Estado Federal do Kasai do Sul. Em 8 de agosto de 1960, foi proclamado o autônomo Estado dos Mineradores de Kasai do Sul com sua capital em Bakwanga (atual Mbuji-Mayi). Albert Kalonji foi nomeado presidente do Kasai e Joseph Ngalula foi nomeado chefe de governo.

Uma assembleia de notáveis investiu o pai de Kalonji com o título imperial de Mulopwe em 12 de abril de 1961. O novo imperador imediatamente abdicou em favor de seu filho, que posteriormente governou o Kasai do Sul como Mulopwe (Imperador ou Rei) Albert I Kalonji. Em 16 de julho, Kalonji rejeita o status de realeza, mas manteve o título de Mulopwe e mudou seu nome para Albert I Kalonji Ditunga.

ReintegraçãoEditar

Após quatro meses de uma campanha militar sangrenta, durante a qual milhares de civis foram massacrados, as tropas do governo central congolês reconquistaram a região e prenderam Kalonji em 30 de dezembro de 1961, terminando assim a secessão do Kasai do Sul.

Kalonji tentou estabelecer um novo governo na sequência de uma fuga da prisão, em 7 de setembro de 1962, mas foi deposto menos de um mês depois.

Sob o regime posterior de Joseph Mobutu (Mobutu Sese Seko), o ex-Kasai do Sul foi dividido para desencorajar o sentimento ou atividade separatista.

BibliografiaEditar

  • Ludo de Witte, 'The Assassination of Lumumba', Verso, London/New York, 2001, ISBN 1 85984 618 1

Ligações externasEditar

Ver tambémEditar