Abrir menu principal

Wikipédia β

Quiloocteto

(Redirecionado de Kibibyte)

O quibiocteto, ou quibibyte (símbolo Kio[1], contração de kilo binary octet, ou KiB) é uma medida de armazenamento eletrônico de informação, estabelecida em 2000 pela Comissão Eletrotécnica Internacional (IEC) como:

Múltiplos do byte
Prefixo binário (IEC) Prefixo do SI
Nome Símbolo Múltiplo Nome Símbolo Múltiplo
byte B 20 byte B 100
kibibyte KiB 210 kilobyte kB 103
mebibyte MiB 220 megabyte MB 106
gibibyte GiB 230 gigabyte GB 109
tebibyte TiB 240 terabyte TB 1012
pebibyte PiB 250 petabyte PB 1015
exbibyte EiB 260 exabyte EB 1018
zebibyte ZiB 270 zettabyte ZB 1021
yobibyte YiB 280 yottabyte YB 1024
'1 kibiocteto = 1 024 octetos

Visa substituir o "quilobyte" em ciências da computação, que se refere a 1024 octetos, e que entra em conflito com a definição do prefixo "quilo" do Sistema Internacional.

Índice

HistóriaEditar

Os computadores utilizam como unidade básica de medida dos dados o bit, tanto para guardar dados como para endereçá-los dinamicamente. Dessa forma, cada posição de memória pode ser indicada por um número que é, no máximo, uma potência de dois exata menos um (veja sistema binário) e, no mínimo zero, sendo que quantidade total de endereços é uma potência de dois.

Devido à necessidade de indicar a quantidade de memória presente nos computadores, iniciou-se o hábito de utilizar os prefixos SI tradicionais (K, M, T) para indicar quantidades como quiloocteto (Ko ou KB) e megaocteto (Mo ou MB), porém com a suposição de que, nesses casos, um K equivale a 1024 (210 = 1024) e 1 M equivale a 220 = 1024*1024, e por assim em diante, o que é errado, dado que o prefixo mega corresponde a 1 000 000 de unidades.

Com o tempo, um megaocteto, unidade corrente atualmente com a alcunha de megabyte, passou a significar 1024*1024 octeto quando se refere a memória de computador. No entanto alguns fabricantes de equipamentos usam os valores correctos para o megaocteto, como é o caso dos discos rígidos, dos DVDs, surgindo até outras definições, como o caso das disquetes de "1.44MB" em que 1 MB corresponde a 1024000 bytes.

Pior ainda, as BIOS indicam o tamanho do disco rígido em MB de memória. Isso confunde o utilizador, pois ao comprar um computador com 512MB de memória e 40GB de disco encontrava os 512MB presentes, mas apenas 38GB no disco.

Tendo em vista resolver definitivamente esse problema, outros prefixos foram criados, os prefixos binários. Surgiram então o kibi (210), o mebi (220), o gibi (230), o tebi (240), o pebi (250), etc.

Ver tambémEditar

BibliografiaEditar

Referências

  1. Comissão Eletrotécnica Internacional (2007). «Prefixes for binary multiples». Consultado em 8 de março de 2008 

Ligações externasEditar