Léon Van Hove

Léon Charles Van Hove (Bruxelas, 10 de fevereiro de 19242 de setembro de 1990) foi um físico belga.

Léon Van Hove
Nascimento 10 de fevereiro de 1924
Bruxelas
Morte 2 de setembro de 1990 (66 anos)
Nacionalidade Bélgica Belga
Prêmios Prêmio Dannie Heineman de Física Matemática (1962), Medalha Max Planck (1974)
Orientador(es) Théophile de Donder[1]
Orientado(s) Nicolaas Marinus Hugenholtz
Campo(s) Física

BiografiaEditar

Graduado em matemática e física pela Universidade Livre de Bruxelas, onde doutorou-se em 1946. De 1949 a 1954 trabalhou no Instiuto de Estudos Avançados de Princeton, deido a seu encontro com Robert Oppenheimer. Posteriormente trabalhou no Laboratório Nacional de Brookhaven, e foi diretor do Instituto de Física Teórica da Universidade de Utrecht. Recebeu em 1958 o Prêmio Francqui de ciências exatas. Foi convidado para chefe da divisão teórica da Organização Europeia para a Investigação Nuclear (CERN) em 1959, cargo em que permaneceu por três décadas.

Foi presidente da 17ª e 18ª Conferência de Solvay.

Referências

Ligações externasEditar


Precedido por
Marvin Leonard Goldberger
Prêmio Dannie Heineman de Física Matemática
1962
Sucedido por
Keith Brueckner
Precedido por
Nikolai Bogoliubov
Medalha Max Planck
1974
Sucedido por
Gregor Wentzel