Lúcia Lambertini

actriz brasileira

Lúcia Lambertini (São Paulo, 26 de junho de 1926 — São Paulo, 23 de agosto de 1976) foi uma atriz, diretora[vago] e autora brasileira. Era irmã da também atriz Leonor Lambertini

Lúcia Lambertini
Nascimento 26 de junho de 1926
São Paulo
Morte 23 de agosto de 1976 (50 anos)
São Paulo
Ocupação Atriz, Diretora e Autora

Ela estreou em televisão em 1952, vivendo a Emília da primeira versão do Sítio do Picapau Amarelo. Depois participou do TV de Vanguarda e interpretou famosas personagens juvenis em especiais e teleteatros, como Heidi, Pollyana, A Moreninha e O Pequeno Lorde.

Na década de 1960 passou a escrever e dirigir para as TVs Cultura e Excelsior, onde fez Quem Casa com Maria?, Ilsa, As Professorinhas, Yoshico, um Poema de Amor e Os Amores de Bob.

Como atriz, atuou no filme O Homem das Encrencas (de 1964, título alternativo 'Imitando o Sol),[1] e nas telenovelas As Professorinhas, Quem Casa com Maria?, Sozinho no Mundo e A Viagem (1975), na TV Tupi, onde fez a dona Cidinha, proprietária de uma pensão.

Morreu vítima de uma parada cardíaca.

FilmografiaEditar

Televisão
Ano Título Personagem Nota
1975 A Viagem Cidinha
1968 Sozinho no Mundo
1965 As Professorinhas
1964 Quem Casa com Maria? Dulce
1962 Mana a Mana Mana Aurora
1959 O Jardim Encantado Empregada
A Moreninha
Os Dez Mandamentos
1958 Pollyana Moça Dela Carew
1957 O Pequeno Lorde Querida
1956 Pollyana Nancy
1955 Grande Teatro Tupi Vários personagens 1955-1958
1953 TV de Vanguarda Vários personagens
1952 Sítio do Picapau Amarelo Emília 1952-1963
Cinema
Ano Título Personagem
1977 O Conto do Vigário [2]
1968 O Corintiano Dona Eulália
1964 O Homem das Encrencas

Referências

  1. Cinemateca Brasileira O Homem das Encrencas «[em linha]». cinemateca.gov.br 
  2. «O Conto do Vigário». Cinemateca Brasileira. Consultado em 9 de janeiro de 2020 

Ligações externasEditar

  Este artigo sobre uma pessoa é um esboço relacionado ao Projeto Biografias. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.