Lúcio Emílio Régilo

Lúcio Emílio Régilo (em latim: Lucius Aemilius Regillus) foi um almirante da marinha romana durante a guerra contra Antíoco III da Síria.

Lúcio Emílio Régilo
Nascimento século III a.C.
Roma Antiga
Morte século II a.C.
Desconhecido
Cidadania Roma Antiga
Progenitores
  • Marcus Aemilius Regillus
  • Desconhecido
Ocupação político da Antiga Roma, militar da Antiga Roma

Filho de Marco Emílio Régilo, pouco se sabe de sua juventude e do início de sua carreira militar até o ponto em que é nomeado comandante das forças navais romanas no mar Egeu, em 190 a.C., no lugar de Caio Lívio Salinador. Naquele mesmo ano, com o apoio de uma pequena frota de Rodes, Régilo consegue derrotar uma frota síria comandada pelo antigo general cartaginense Aníbal Barca (sua primeira e última batalha naval) na Batalha de Eurimedonte e, após derrotar uma segunda frota síria na Batalha de Mioneso, assegurou o controle de Roma e seus aliados em Rodes e Pérgamo sobre as águas do Egeu. Ao retornar a Roma no ano seguinte, Régilo foi homenageado com a construção do Templo dos Lares Permarinos, divindades protetoras dos marinheiros, a quem ele havia supostamente prometido louvar em troca da vitória romana.

BibliografiaEditar

  • Broughton, T.R.S. and M.L. Patterson. The Magestrates of the Roman Republic. Londres, 1951-60.