Abrir menu principal

Lúcio de Alexandria (m. 380) foi um bispo ariano instalado por duas vezes como arcebispo de Alexandria, a primeira durante o papado de Atanásio (363) e a segunda durante o papado de Pedro II (373-380). Foi ordenado por Jorge de Laodiceia e se tornou o líder dos arianos na cidade após a sua morte.[1]

Índice

Arcebispo de AlexandriaEditar

Em 363Editar

A primeira vez que Lúcio aparece na história foi em 363, quando ele participou da comitiva de arianos enviada até Antioquia para solicitar ao recém-empossado imperador romano Joviano que lhes fosse dado o direito de banir Atanásio e eleger um novo bispo, ariano. As petições foram graficamente descritas por Sozomeno e fazem parte hoje do apêndice da "Carta à Joviano", de Atanásio.[2]

Em 373Editar

Logo após a morte de Atanásio, a Igreja de Alexandria foi atacada pelo prefeito da cidade, Paládio, um crente da antiga religião. Pedro, então eleito bispo, foi expulso (ou preso). O bispo de Antioquia, o ariano Euzoio, conseguiu do imperador romano Valente a autorização para empossar Lúcio, que chegou então à cidade escoltado por soldados e pelo próprio Euzoio, aclamado pela parcela da população ainda fiel à antiga religião como sendo o "enviado de Serápis".[1]

Imediatamente, ele iniciou uma perseguição aos cristãos ortodoxos (não arianos) da cidade, prendendo e torturando vários deles pelas mãos de Paládio, o poder secular.[1] Por conta disto, ele foi chamado de o "segundo Ário" por Gregório de Nazianzo, que descreveu horrorizado a perseguição em sua Oração 25.[3]

Quando Valente morreu, em 378, ele foi finalmente expulso de Alexandria e foi à Constantinopla, onde se juntou aos arianos que estavam causando enormes problemas à Gregório de Nazianzo. Morreu em 380 e foi considerado bispo pelos arianos de Alexandria até a sua morte.[1]

Lúcio de Alexandria
(363 / 373 - 380)
Precedido por:  
Lista dos patriarcas / papas de Alexandria
Sucedido por:
Atanásio
Pedro II
disputado (ariano).º Atanásio
Pedro II


Referências

  1. a b c d   Este artigo incorpora texto do verbete Lucius (11) no "Dicionário de Biografias Cristãs e Literatura do final do século VI, com o relato das principais seitas e heresias" (em inglês) por Henry Wace (1911), uma publicação agora en domínio público.
  2. «Atanásio de Alexandria - Cartas sub. Carta à Joviano Vol. LVI cap. Apêndice» 🔗 (em inglês). Consultado em 11 de outubro de 2012 
  3. Gregório de Nazianzo 2004, p. 162.

BibliografiaEditar

  • Gregório de Nazianzo (2004). Martha Vinson, ed. Orações Selecionas (em inglês). XXV. [S.l.: s.n.]